Exportar registro bibliográfico

Alterações extra-hipocampais em pacientes com Epilepsia do Lobo Temporal (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: DINIZ, PAULA REJANE BESERRA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: EPILEPSIA DO LOBO TEMPORAL; RESSONÂNCIA MAGNÉTICA; NEUROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A Esclerose Temporal Mesial (ETM) é a causa mais comum de epilepsia do lobo temporal (ELT), caracterizada na imagem por atrofia e gliose do hipocampo e de estruturas diretamente relacionadas com ele, como o pólo temporal, o corpo mamilar e o fórnix. Porém, o dano tecidual não se restringe a estas estruturas, tendo sido descritas alterações temporais posteriores e extra temporais, nos pacientes com ELT. Esta perda tecidual difusa é progressiva e pode ser detectada em exames de ressonância magnética (RM). Contudo, a avaliação da lesão extratemporal não tem sido feita usando conjuntamente diversas técnicas quantitativas atualmente disponíveis. Para estudar a existência e o mecanismo do dano extratemporal relacionado à ETM nós utilizamos diferentes técnicas de ressonância magnética quantitativa e processamento de imagens comparando os pacientes com ETM e controles normais. Para tanto, foram utilizados exames de 135 pacientes com esclerose mesial temporal e 105 controles normais adquiridos em um equipamento de 1,5 testas e 36 pacientes e 24 controles normais adquiridos em um equipamento de 3 testas. Para comparar diferenças volumétricos foi utilizada a metodologia de análise baseada em voxel (VBM, de voxel based volumetry), para avaliar a integridade da mielina e de axônios foi utilizada a transferência de magnetização (MTR, de magnetization transfer ratio) e imagens ponderadas por difusão (DWI, de diffusion weighted imaging), e para investigar a existência de alterações de espessura cortical foi utilizado o método baseado em superfície implementado no pacote FreeSurfer. Para testar a presença de alterações metabólicas foi usada a espectroscopia de prótons e o pacote de software LCModel. Na nossa casuística, foi identificada a presença de alterações na substância branca e cinzenta no lobo temporal e em outras regiões do encéfalo. Estas alterações foram mais intensas no lobo frontal, corpo caloso elobo occipital, regiões relacionadas com circuitos que envolvem o hipocampo, sugerindo que o dano tecidual esteja relacionado com a conectividade hipocampal e se expresse com destruição dos tratos relacionados com estes circuitos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.02.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DINIZ, Paula Rejane Beserra; SANTOS, Antonio Carlos dos. Alterações extra-hipocampais em pacientes com Epilepsia do Lobo Temporal. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Diniz, P. R. B., & Santos, A. C. dos. (2011). Alterações extra-hipocampais em pacientes com Epilepsia do Lobo Temporal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Diniz PRB, Santos AC dos. Alterações extra-hipocampais em pacientes com Epilepsia do Lobo Temporal. 2011 ;
    • Vancouver

      Diniz PRB, Santos AC dos. Alterações extra-hipocampais em pacientes com Epilepsia do Lobo Temporal. 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021