Exportar registro bibliográfico

Mapeamento de genes de resistência a três raças de Podosphaera xanthii em meloeiro (Cucumis melo L.) (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: FAZZA, ANA CAROLINA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: FUNGOS FITOPATOGÊNICOS; MAPEAMENTO GENÉTICO; MARCADOR MOLECULAR; MELÃO; OÍDIO; RESISTÊNCIA GENÉTICA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: O meloeiro (Cucumis melo L.) é uma cultura de grande importância econômica para o comércio de exportação brasileiro e é cultivada principalmente na região Nordeste. A produção da cultura pode ser limitada por uma doença das partes aéreas, denominada oídio, sendo no Brasil, causada pelo fungo Podosphaera xanthii. Este patógeno apresenta diversas raças definidas com base na reação de um conjunto de cultivares diferenciadoras de meloeiro. Dentre estes genótipos, o acesso PI 414723 é resistente à maior parte das raças e a linhagem Védrantais é suscetível. O presente trabalho teve como objetivos: (i) estudar a herança da resistência às raças 1, 3 e 5 de P. xanthii em indivíduos da geração F2 do cruzamento PI 414723 x Védrantais e (ii) mapear os genes de resistência a estas raças com base em marcadores de polimorfismo de comprimento de fragmentos amplificados (AFLP), de repetições de sequências simples (SSR) e análogos de genes de resistência (RGA) também nesta população. A herança da resistência foi analisada em 87 indivíduos F2 cultivados em condições de casa-de-vegetação. As três raças foram inoculadas em seis regiões eqüidistantes da nervura central em quatro folhas de cada planta. Plantas foram classificadas como resistentes ou suscetíveis com base em avaliações visuais do desenvolvimento do fungo nas folhas. As plantas foram classificadas como suscetíveis quando houve reprodução abundante de conídios e resistentes quando a reprodução foi inexistente ou escassa. Frequências de indivíduos resistentes e suscetíveis indicaram que a resistência às três raças é controlada por um gene dominante de efeito maior. Um mapa genético foi construído compreendendo 1.469 cM, consistindo de 207 marcadores(139 AFLP, 47 SSR, 18 RGA e três fenotípicos) e com uma distância média de 7,4 cM entre marcadores distribuídos em 12 grupos de ligação. Análises de co-segregação com marcadores indicaram que os genes de resistência estão localizados no grupo de ligação II. Em adição a isto, as análises indicaram ligação completa entre os genes de resistência às raças 1 e 5, sendo este gene denominado Pm-x1.5. Já o gene de resistência à raça 3 (Pm-x3) foi localizado a 5,1 cM dos demais. Um marcador AFLP (H35M75_156) foi localizado entre os dois genes a 1,3 cM de Pm-x1.5 e 3,8 cM de Pm-x3. Este é o primeiro relato da localização genética de genes de resistência às raças 3 e 5 em PI 414723 e também o primeiro relato do mapeamento de marcadores RGA gerados pela técnica TRAP em meloeiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.05.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FAZZA, Ana Carolina; CAMARGO, Luis Eduardo Aranha. Mapeamento de genes de resistência a três raças de Podosphaera xanthii em meloeiro (Cucumis melo L.). 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23052011-155253/ >.
    • APA

      Fazza, A. C., & Camargo, L. E. A. (2011). Mapeamento de genes de resistência a três raças de Podosphaera xanthii em meloeiro (Cucumis melo L.). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23052011-155253/
    • NLM

      Fazza AC, Camargo LEA. Mapeamento de genes de resistência a três raças de Podosphaera xanthii em meloeiro (Cucumis melo L.) [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23052011-155253/
    • Vancouver

      Fazza AC, Camargo LEA. Mapeamento de genes de resistência a três raças de Podosphaera xanthii em meloeiro (Cucumis melo L.) [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-23052011-155253/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021