Exportar registro bibliográfico

Variações do conteúdo de carbonato em estudos paleoceanográficos:: um exemplo na Bacia de Campos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FERNANDES, BEATRIZ BIDOLI - IO
  • Unidade: IO
  • Sigla do Departamento: IOF
  • Subjects: PALEOCEANOGRAFIA; CARBONATOS; BACIA DE CAMPOS
  • Language: Português
  • Abstract: Para melhor entender a relação entre oceanos e as variações climáticas são necessários registros destes eventos. O presente trabalho tem por objetivo principal estudar as variações climáticas e oceanográficas utilizando os registros de conteúdo de carbonato em dois sedimentos coletados na Bacia de Campos. A cronologia dos testemunhos foi primeiramente estabelecida através do conteúdo de carbonato. Sua validação foi feita através das análises de radiocarbono em duas amostras próximas do topo de cada testemunho. Outros métodos usados para corroborar a cronologia foram o biozoneamento com base nos foraminíferos planctônicos Globorotalia menardii e Pulleniatina obliquiloculata, executadas em ambos os testemunhos; análises de isótopos de oxigênio em foraminíferos planctônicos Globigerinoides ruber em amostras do KF-13; e dados de susceptibilidade magnética para o KF-14. Com exceção de radiocarbono, os outros métodos não fornecem idades absolutas. Foi então necessário compará-los com estratos de idade conhecida. Para isso utilizaram-se dados do SPECMAP, tornando possível a inferência dos estágios isotópicos marinhos para estes testemunhos. Estabelecida a estratigrafia para os testemunhos com base no conteúdo de carbonato, identificamos as diferentes condições climáticas nas quais os sedimentos foram depositados. As curvas de conteúdo de carbonato para ambos os testemunhos, junto com os dados de isotópicos de oxigênio para o KF-13 e a de susceptibilidade magnética para o KF-14 foram comparados com a curva de isótopos de oxigênio do SPECMAP, inferindo assim idades aproximadas para algumas das feições apresentadas. Também foram utuilizadas as biozonas de foraminíferos planctônicos identificadas para estimar as idades aproximadas em pontos ao longo do testemunho, além dos dados de radiocarbonato. Estabelecida essa cronologia foi possível fazer o cálculo das taxas de sedimentação. (Continua)(Continuação) Os resultados aqui apresentados mostram a importância que o conteúdo de carbonato nos sedimentos tem para estudos de variações climáticas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.06.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Beatriz Bidoli; COSTA, Karen Badaraco. Variações do conteúdo de carbonato em estudos paleoceanográficos:: um exemplo na Bacia de Campos. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, BSP, 2010.
    • APA

      Fernandes, B. B., & Costa, K. B. (2010). Variações do conteúdo de carbonato em estudos paleoceanográficos:: um exemplo na Bacia de Campos. Universidade de São Paulo, São Paulo, BSP.
    • NLM

      Fernandes BB, Costa KB. Variações do conteúdo de carbonato em estudos paleoceanográficos:: um exemplo na Bacia de Campos. 2010 ;
    • Vancouver

      Fernandes BB, Costa KB. Variações do conteúdo de carbonato em estudos paleoceanográficos:: um exemplo na Bacia de Campos. 2010 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020