Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Relação nacional de medicamentos essenciais (RENAME) e sua influência no acesso aos medicamentos; município de São Paulo, 2005 (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: TORREÃO, NEUSSANA KELLEN DE ARAÚJO MEDEIROS - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • DOI: 10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145
  • Subjects: MEDICAMENTO (POLÍTICA;PLANEJAMENTO;APLICAÇÕES TERAPÊUTICAS); SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS (PLANEJAMENTO;AVALIAÇÃO); ADMINISTRAÇÃO FARMACÊUTICA (PLANEJAMENTO); ASSISTÊNCIA À SAÚDE (DISPONIBILIDADE;PLANEJAMENTO); FARMACOTERAPIA
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO:Os medicamentos pertencentes à RENAME têm sua eficácia comprovada são embasados sob critérios técnicos e científicos, e quando prescritos assumem profunda relevância dentro do contexto da saúde pública brasileira, por facilitarem o acesso aos medicamentos.OBJETIVO: Avaliar a associação entre acesso a medicamentos e prescrição segundo a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME). METODOLOGIA: Foram analisadas cópias de receitas médicas obtidas da pesquisa intitulada "Experiência de Acesso da População de Baixa Renda a Medicamentos e Genéricos, Município de São Paulo 2005"; para as análises estatísticas, foram utilizados os programas Epi-Info 2000 e OpenEpi. RESULTADOS: A média de medicamentos com receita foi de 2,5 / desvio padrão: 1,5479; o percentual de nenhum acesso e acesso parcial ás prescrições, juntos, foi de 54 por cento; nas Unidades Básicas de Saúde foram realizadas mais da metade das prescrições analisadas; a forma farmacêutica predominante foi comprimidos; cerca de 75 por cento dos medicamentos estava presente nas listas de medicamentos essenciais, nacional ou municipal; dos medicamentos prescritos, 78 por cento foram obtidos e 41 por cento, dos que não estavam prescritos, também foram obtidos. CONCLUSÃO: Do total de medicamentos analisados, 65 por cento estavam prescritos segundo a RENAME, e desses, 78 por cento, foram obtidos; as Unidades Básicas de Saúde foram responsáveis por fornecer mais da metade das receitas; a quantidade de medicamentos prescritos mostrou-se negativamente correlacionada ao percentual de acesso aos mesmos; as prescrições quando seguem a RENAME têm a chance de acesso entre 4 a 6 vezes maior de se obter os medicamentos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.09.2010
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TORREÃO, Neussana Kellen de Araújo Medeiros; SILVA, Nilza Nunes da. Relação nacional de medicamentos essenciais (RENAME) e sua influência no acesso aos medicamentos; município de São Paulo, 2005. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145 > DOI: 10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145.
    • APA

      Torreão, N. K. de A. M., & Silva, N. N. da. (2010). Relação nacional de medicamentos essenciais (RENAME) e sua influência no acesso aos medicamentos; município de São Paulo, 2005. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145
    • NLM

      Torreão NK de AM, Silva NN da. Relação nacional de medicamentos essenciais (RENAME) e sua influência no acesso aos medicamentos; município de São Paulo, 2005 [Internet]. 2010 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145
    • Vancouver

      Torreão NK de AM, Silva NN da. Relação nacional de medicamentos essenciais (RENAME) e sua influência no acesso aos medicamentos; município de São Paulo, 2005 [Internet]. 2010 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2010.tde-10052011-090145

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021