Exportar registro bibliográfico

Fontes de gordura na alimentação de vacas leiteiras no período de transição e início de lactação (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: D'ANGELO, LEONARDO SANTOS - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Subjects: DIGESTIBILIDADE; FERMENTAÇÃO; VACAS; RAÇAS ANIMAIS; LEITE (PRODUÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização de diferentes fontes de gordura nas rações de vacas leiteiras durante o período de transição e inicio de lactação, avaliando seus efeitos sobre o consumo de matéria seca e de nutrientes,digestibilidade aparente total da matéria seca e de nutrientes, fermentação ruminal, síntese de proteína microbiana produção e composição do leite e os parâmetros sanguíneos. Foram utilizadas 30 vacas da raça Holandesa, suplementadas a partir do 35º dia antes do parto previsto até o 85º dia pós-parto com a mesma ração experimental durante todo o experimento. Os animais foram mantidos em baias individuais em galpão do tipo free-stall e distribuídas em três grupos experimentais, em delineamento inteiramente casualizado, alimentadas com as seguintes rações: 1) Controle; 2) Óleo de soja refinado; 3) Sais de cálcio de ácidos graxos insaturados (Megalac-E). O consumo de matéria seca foi mensurado diariamente durante todo o período experimental. Após o parto a produção de leite foi registrada diariamente e as amostras utilizadas para análise da composição do leite foram coletadas semanalmente, sendo provenientes de duas ordenhas diárias. As amostras de sangue foram coletadas em tubos vacuolizados por punção da veia e/ou artéria coccígea. As amostras de líquido ruminal foram coletadas com a utilização de sonda esofágica em dois tempos, antes (tempo zero) e três horas (tempo três) após a alimentação matinal. A digestibilidade foi determinada por meio deindicador interno FDAi. As amostras de urina foram coletadas 3 horas após a alimentação por massagem na vulva. Os dados de desempenho produtivo, consumo, digestibilidade aparente total, fermentação ruminal e síntese de proteína microbiana e parâmetros sanguíneos foram submetidos à análise estatística por meio do PROC MIXED e contrastes ortogonais (controle vs gordura; OS vs SC) utilizando-se o programa SAS, versão 9.1, adotando-se nível de significância de 5%. O consumo de matéria seca e o peso corporal foram influenciados pelas semanas em relação parto. As rações experimentais não influenciaram o consumo de matéria seca (CMS) expresso em quilos por dia no período pré-parto . De mesma forma não foi observado efeito no consumo de matéria orgânica (CMO), proteína bruta (CPB), fibra em detergente neutro (CFDN), carboidratos não fibrosos (CCNF), carboidratos totais (CCT), nutrientes digestíveis totais (CNDT). No período pré- parto somente foi observado efeito no consumo de extrato etéreo (CEE). Houve efeito das rações experimentais sobre o CMS em kg/dia no período pós-parto. Este mesmo comportamento foi observado para o consumo de matéria orgânica (CMO), proteína bruta (CPB), fibra em detergente neutro (CFDN), carboidratos não fibrosos (CCNF), carboidratos totais (CCT), extrato etéreo (CEE), nutrientes digestíveis totais (CNDT). As rações experimentais não influenciaram os coeficientes de digestibilidade aparente total da matéria orgânica (CDMO), fibra em detergente neutro (CDFDN), carboidratos não fibrosos (CDCNF), carboidratos totais (CDCT), e os nutrientes digestíveis totais observados, no préparto. No entanto, se observou efeito das dietas sobre os coeficientes de digestibilidade da matéria seca (CDMS), proteína bruta (CDPB) e do extrato etéreo (CDEE). Não houve efeito das rações experimentais sobre os valores de pH ruminal nos dois tempos de coleta avaliados no periodo pós-parto e no tempo zero noperido pré-parto. Não houve efeito das rações experimentais sobre as concentrações de N-NH3 no período pré-parto. Não houve efeito das rações experimentais sobre as porcentagens e concentrações molares de ácido butírico e porcentagens dos ácidos acético e propiônico nos dois tempos de coleta no período pré-parto. Não houve diferença entre as rações experimentais para a excreção diária total de urina, excreções diárias de alantoína, e acido úrico, de alantoína no leite, de derivados de purinas totais, da porcentagem de alantoína, das purinas absorvidas, do nitrogênio microbiano, e da eficiência de síntese de proteína proteína microbiana para as rações experimentais tanto nos períodos pré e pós-parto A produção de leite e a produção de leite corrigida não foram influenciadas pelas rações experimentais, que, no entanto, influenciaram o teor e a produção de gordura no leite. Quando avaliados os contrastes ortogonais, foi observada redução na produção de leite corrigida, no teor e na produção de gordura do leite para as vacas alimentadas com as rações com fontes de gordura em relação à ração controle, especialmente para o grupo alimentado com as rações contendo sais de cálcio de ácidos graxos. As concentrações no soro de glicose, ácidos graxos não esterificados e -hidroxibutirato não foram influenciadas pelas rações experimentais nos períodos pré e pós-parto. Todos os parâmetros sanguíneos apresentaram efeito de tempo (semanas em relação ao parto) no período pós-parto. Quando avaliados os contrastes, não houve diferença entre as rações experimentais para os parâmetros sanguíneos avaliados neste estudo nos períodos pré e pós-parto. Houve interação entre e o tempo e as rações experimentais para as concentrações de glicose no pré-parto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      D'ANGELO, Leonardo Santos; RENNÓ, Francisco Palma. Fontes de gordura na alimentação de vacas leiteiras no período de transição e início de lactação. 2009.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-09022011-112354/ >.
    • APA

      D'Angelo, L. S., & Rennó, F. P. (2009). Fontes de gordura na alimentação de vacas leiteiras no período de transição e início de lactação. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-09022011-112354/
    • NLM

      D'Angelo LS, Rennó FP. Fontes de gordura na alimentação de vacas leiteiras no período de transição e início de lactação [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-09022011-112354/
    • Vancouver

      D'Angelo LS, Rennó FP. Fontes de gordura na alimentação de vacas leiteiras no período de transição e início de lactação [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-09022011-112354/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020