Exportar registro bibliográfico

Impacto da inseminação artificial em tempo fixo na eficiência reprodutiva de vacas de leite de alta produção (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: TEIXEIRA, ALESSANDRA AMBRóSIO - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Subjects: GADO HOLANDÊS; SINCRONIZAÇÃO; INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL ANIMAL; CICLO GENITAL DA FÊMEA ANIMAL; GONADOTROFINA CORIÔNICA
  • Language: Português
  • Abstract: circulante. Todos os animais foram mantidos no experimento até a terceira IA ou 150 dias após o parto e os tratamentos foram realizados no inverno e no verão. O diagnóstico de gestação foi realizado aos 30 dias pós-IA por ultrassonografia e aos 60 dias pós-IA por palpação transretal. Os dados binomiais foram analisados por regressão logística utilizando o PROC GLIMMIX e as variáveis contínuas por ANOVA utilizando PROC GLM do SAS. Não se verificou interação entre estação do ano e tratamento na análise das taxas de concepção, perda gestacional, intervalo entre IAs, intervalo parto-concepção (IPC) e taxa de prenhez aos 150 dias pós-parto. Os resultados são indicativos de que não existem diferenças nas taxas de concepção entre os diferentes grupos após as IAs (primeira, segunda e terceira). A perda gestacional relativa à primeira IA foi maior nas vacas do G-IATF. Os intervalos parto-primeira IA, parto-segunda IA e parto-concepção foram inferiores para as vacas do G-IATF. Entretanto, o intervalo entre a primeira e a segunda IA foi maior para o G-IATF. Não houve diferença na taxa de prenhez aos 150 dias entre os grupos. Ainda, a taxa de serviço (TS) nos primeiros 21 dias após o período voluntário de espera (PVE) foi maior para o grupo IATF. Entretanto, a TS entre 21 e 42 dias após o PVE foi maior para o G-Controle. As concentrações circulantes de P4 não diferiram entre os grupos e as estações do ano. Concluiu-se que o emprego da IATF 60 dias pós-parto foi eficiente para diminuir o IPC. Contudo, a porcentagem de vacas prenhes aos 150 pós-parto foi semelhante entre os dois tratamentos (Controle e IATF)O presente experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o impacto da inseminação artificial em tempo fixo (IATF) na eficiência reprodutiva de vacas de leite de alta produção inseminadas no período pós-parto. Vacas Holandesas com média de 50 dias pós-parto foram distribuídas homogeneamente em um de dois grupos experimentais, levando em consideração a presença ou ausência de corpo lúteo (CL), o escore de condição corporal e a produção de leite. No grupo Controle (G-Controle; n = 490), as vacas foram submetidas à observação do comportamento de aceitação de monta (duas vezes ao dia por uma hora) e inseminadas 12 horas após a primeira detecção. No grupo IATF (G-IATF; n = 495), as vacas receberam um implante auricular de norgestomet, mantido por oito dias, e 2 mg de benzoato de estradiol IM no dia 0 (D0; dia aleatório do ciclo estral). No momento da retirada do implante (D8) foram administrados 150 µg de prostaglandina F2α, 400 UI de gonadotrofina coriônica eqüina e 1 mg de cipionato de estradiol. A IATF foi realizada de 54 a 56 h após a retirada do implante auricular, concomitante à administração de 100 µg de gonadorelina. Após a IATF, as vacas foram submetidas à observação de cio com subseqüente inseminação, seguindo os mesmos critérios descritos para o G-Controle. Amostras de sangue foram colhidas de um subgrupo de animais (G-Controle, n = 50; G-IATF, n = 58) 5 e 11 dias após a primeira inseminação artificial (IA) para dosagem de progesterona (P4)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TEIXEIRA, Alessandra Ambrósio; BARUSELLI, Pietro Sampaio. Impacto da inseminação artificial em tempo fixo na eficiência reprodutiva de vacas de leite de alta produção. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-16022011-150133/ >.
    • APA

      Teixeira, A. A., & Baruselli, P. S. (2010). Impacto da inseminação artificial em tempo fixo na eficiência reprodutiva de vacas de leite de alta produção. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-16022011-150133/
    • NLM

      Teixeira AA, Baruselli PS. Impacto da inseminação artificial em tempo fixo na eficiência reprodutiva de vacas de leite de alta produção [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-16022011-150133/
    • Vancouver

      Teixeira AA, Baruselli PS. Impacto da inseminação artificial em tempo fixo na eficiência reprodutiva de vacas de leite de alta produção [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10131/tde-16022011-150133/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021