Exportar registro bibliográfico

Avaliação estrutural e quantitativa dos efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal de ratos Wistar (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, RICARDO EUSTÁQUIO DA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: ENVELHECIMENTO; COLÁGENO; IMUNOHISTOQUÍMICA; RATOS
  • Language: Português
  • Abstract: O envelhecimento é uma falha progressiva nos processos fisiológicos celulares, produzindo alterações morfológicas nas células e nos tecidos. No sistema nervoso, produz uma redução no número de neurônios, nas fibras nervosas, principalmente nas arborizações dendríticas e nas espinhas sinápticas, e nas células da glia que, de acordo com sua localização e tipo celular, podem diminuir, permanecer constantes ou mesmo aumentar numericamente. Na presente pesquisa, avaliou-se os efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal (GT) de ratos Wistar em animais jovens (2 meses de vida), adultos (12 meses de vida) e idosos (24 meses de vida). Os GT foram submetidos às técnicas histológicas da hematoxilina e eosina e Picro-sírius, onde avaliou-se, respectivamente, a densidade das células satélites glias (CGS) e o componente colágeno ganglionar. Através da técnica histoquímica da NADH-d, avaliou-se a área do perfil do GT, a área do perfil dos corpos celulares dos neurônios ganglionares e a densidade neuronal. Uma avaliação qualitativa foi também realizada relativamente à imunorreatividade dos neurônios ganglionares à substância P (SP) e ao peptídeo intestinal vasoativo (VIP). A densidade das CGS foi maior nos animais jovens do que nos animais adultos e idosos. Verificou-se, qualitativamente, que à medida que o animal envelhece há uma diminuição das fibras colágenas do tipo III, passando a predominar, nos animais idosos, as fibras do tipo I. A área do perfil celular dos corpos neuronais foi maior nos animais adultos sendo que em todos os grupos predominaram neurônios de tamanho médio, com a área do perfil celular entre 490 e 1100 μm2. A densidade neuronal apresentou-se maior nos animais jovens, e sem variações estatísticas entre os animais adultos e idosos. Em todos os grupos estudados, os neurônios pequenos foram os que apresentaram maior imunorreatividade à SP e ao VIP
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.02.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Ricardo Eustáquio da; LIBERTI, Edson Aparecido. Avaliação estrutural e quantitativa dos efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal de ratos Wistar. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-04022011-111947/ >.
    • APA

      Silva, R. E. da, & Liberti, E. A. (2010). Avaliação estrutural e quantitativa dos efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal de ratos Wistar. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-04022011-111947/
    • NLM

      Silva RE da, Liberti EA. Avaliação estrutural e quantitativa dos efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal de ratos Wistar [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-04022011-111947/
    • Vancouver

      Silva RE da, Liberti EA. Avaliação estrutural e quantitativa dos efeitos do envelhecimento sobre o gânglio trigeminal de ratos Wistar [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-04022011-111947/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021