Exportar registro bibliográfico

O Achatina fulica e sua utilização zooterápica através de dietas acrescidas de própolis (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, MICHELE RIBEIRO DA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VRA
  • Subjects: ESCARGOTS; PRÓPOLIS; CICATRIZAÇÃO; DIETA ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Os escargots da espécie Achatina fulica são caracóis africanos comestíveis e para essa finalidade foram introduzidos no Brasil em 1988 para substituir o escargot europeu Helix sp. Contudo, o hábito alimentar conservador da população brasileira ocasionou prejuízos aos criadores de escargots no Brasil, desencadeando uma soltura irresponsável e anti-ética desses moluscos no meio ambiente, o que proporcionou uma associação direta dos caracóis à impactos ambientais, sendo objeto de estudos e pesquisas correlatas. Todavia, estudos anteriores descreveram efeitos benéficos, antimicrobianos e cicatrizantes do muco extraído de caracóis Achatina sp, e ainda a potencialização destes efeitos a partir do acréscimo de plantas medicinais à dieta base consumida pelos escargots, constatando a capacidade de retenção em seu organismo das propriedades dos alimentos por eles ingeridos. As atividades antimicrobiana e cicatrizante também são conhecidas na utilização da própolis produzida por abelhas da espécie Apis mellifera. Partindo dessas premissas, neste estudo, foi adicionada própolis à ração base dos escargots, objetivando avaliar o efeito cicatrizante desses zooterápicos e suas aplicações. Os resultados obtidos demonstraram que a utilização de muco nas lesões cirurgicamente induzidas em camundongos acelerou o processo de cicatrização, comparativamente ao grupo controle que recebeu apenas tratamento com soro fisiológico. As análises parasitológica e citotóxica realizadas demonstraram que omuco é apto para a utilização proposta. A dieta acrescida de própolis interferiu nas características do muco. Foi possível observar, a partir das avaliações histológicas e macroscópicas uma discreta vantagem no processo de cicatrização para o grupo tratado com muco extraído de escargots que receberam ração base acrescida de própolis em sua dieta. Estes resultados demonstram a potencialidade desta pesquisa em resultar em um biofármaco com propriedades cicatrizantes à base de muco de escargots e ainda uma possível patente deste muco, através do indicativo de sua importância terapêutica para o reparo tecidual de lesões veterinárias e humanas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Michele Ribeiro da; MARTINS, Maria de Fátima. O Achatina fulica e sua utilização zooterápica através de dietas acrescidas de própolis. 2009.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-04022011-093125/ >.
    • APA

      Silva, M. R. da, & Martins, M. de F. (2009). O Achatina fulica e sua utilização zooterápica através de dietas acrescidas de própolis. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-04022011-093125/
    • NLM

      Silva MR da, Martins M de F. O Achatina fulica e sua utilização zooterápica através de dietas acrescidas de própolis [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-04022011-093125/
    • Vancouver

      Silva MR da, Martins M de F. O Achatina fulica e sua utilização zooterápica através de dietas acrescidas de própolis [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-04022011-093125/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020