Exportar registro bibliográfico

Independência funcional do idoso com doença pulmonar obstrutiva crônica (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, VIVIANE CRISTINE - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: IDOSOS; DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA; VIDA ALTERNATIVA
  • Language: Português
  • Abstract: As transformações demográficas e epidemiológicas do século anterior trouxeram significativas modificações sociodemográficas e de saúde, em todo o mundo, com o aumento de idosos na população. Ao processo de envelhecimento pode estar associado às doenças crônicas não transmissíveis, dentre elas a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), um problema de saúde pública, parcialmente reversível, progressivo e incapacitante. Assim, os objetivos do estudo foram caracterizar os idosos com diagnóstico de DPOC nos estádios I a IV, atendidos no Ambulatório de Pneumologia Geral do HCFMRP/USP, segundo as variáveis sociodemográficas, história de tabagismo e condição de saúde; identificar o grau de independência funcional; identificar a presença de sintomas de depressão; analisar a correlação entre o grau de independência funcional, idade, número de morbidades, tempo e grau de DPOC e a associação entre a presença de sintomas de depressão, as variáveis sociodemográficas, o grau de DPOC e as comorbidades. Trata-se de um estudo descritivo, transversal e correlacional. A coleta dos dados ocorreu no período de março a maio de 2010. Utilizou-se um instrumento para caracterização da amostra, a Medida da Independência Funcional (MIF) e a Escala de rastreamento de sintomas depressivos (CES-D). Foram estudados 84 idosos, média de idade 70,4 anos (s=7,3); 61,9% homens; 51,2% casados; 36,9% viúvos; 36,9% sabiam ler e escrever informalmente/analfabetos; 82,8% eram aposentados; 73,2% recebiam um salário mínimo; 54,8% moravam com a família; 75% deixaram de fumar, 20,2% ainda fumavam e 4,8% nunca fumaram; a carga tabágica foi superior para os homens, sendo a diferença significativa (p<000,1); 100% tinham DPOC, 51,2% pressão alta, 39,3% problemas para dormir e 33,3 problemas cardíacos; a média de morbidades foi de 3,4(s=2,4); 41,7% referiram internação nos últimos 12 meses; 34,5% porexacerbação da DPOC e 34,3% por pneumonia. Houve predomínio da DPOC nos estádios III (40,5%) e II (35,7%), verificou-se prevalência de homens (79,5%) no estádio III e de mulheres (56,7%) no II; os homens apresentaram níveis de DPOC mais elevados que as mulheres, sendo a diferença estatisticamente significativa (p=0,05); tempo médio de DPOC foi 8,3 anos (s=6,4). O escore médio da MIF total foi 117,0 pontos; 96,4% com nível de Independência completa/modificada; a correlação de Pearson entre número de morbidade e MIF (total e motora) foi inversa e significativa (p=0,02). A CES-D classificou 71,4% com sintomas de depressão. Houve diferenças significativas entre presença de sintomas de depressão e as variáveis, sexo (p=0,01), estado conjugal (p=0,02) e problemas para dormir (p=0,01). O estudo revelou que a maioria dos idosos apresentava independência completa/modificada e presença de sintomas de depressão. Apesar de não ter encontrado diferenças significativas na correlação entre os escores da MIF e as variáveis, idade, tempo e grau de DPOC, bem como entre a associação de sintomas depressivos com idade, grau de DPOC e comorbidades, os resultados são relevantes para discussões entre os profissionais da área da saúde, uma vez que a identificação correta de fatores que podem influenciar no tratamento, reabilitação e qualidade de vida do idoso com DPOC torna efetiva as praticas assistenciais voltadas para as necessidades dos mesmos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.12.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Viviane Cristine; MARQUES, Sueli. Independência funcional do idoso com doença pulmonar obstrutiva crônica. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-14012011-094112/ >.
    • APA

      Ferreira, V. C., & Marques, S. (2010). Independência funcional do idoso com doença pulmonar obstrutiva crônica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-14012011-094112/
    • NLM

      Ferreira VC, Marques S. Independência funcional do idoso com doença pulmonar obstrutiva crônica [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-14012011-094112/
    • Vancouver

      Ferreira VC, Marques S. Independência funcional do idoso com doença pulmonar obstrutiva crônica [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-14012011-094112/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020