Exportar registro bibliográfico

Revisão taxonômica e relações interespecíficas de Lebiasininae (Ostariophysi: Characiformes: Lebiasinidae) (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, ANDRé LUIZ NETTO - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: OSTEICHTHYES; ANÁLISES CLADÍSTICA; ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO) (REVISÕES)
  • Language: Português
  • Abstract: A subfamília Lebiasininae é tradicionalmente dividida em dois gêneros: Lebiasina e Piabucina. Historicamente, tal divisão vem sendo contestada devido à inconsistência dos caracteres que diferenciam os dois gêneros. Com o intuito de investigar as relações entre os Lebiasininae e a validade de Lebiasina e Piabucina, foram analisados 59 representantes de Lebiasinidae e representantes de outras cinco famílias de Characiformes foram examinados como grupo externo adicionais. A análise filogenética incluindo 208 caracteres de diferentes complexos morfológicos, resultou em seis árvores fundamentais com 800 passos. As topologia obtidas recuperam o monofiletismo de Lebiasininae com base em cinco sinapomorfias (4 exclusivas): margem póstero- dorsal do infra-orbital 3 com uma projeção que exclui parcial- ou totalmente o infra-orbital 4 do anel orbital; lâmina dorsal do mesetmóide em forma de T; margem póstero-ventral do coracóide truncada, sem uma distinta projeção direcionada posteriormente; ramo infra-orbital do canal látero- sensorial cefálico se estendendo ao antorbital; mancha na base dos raios médios da nadadeira caudal presente. Por outro lado, estas refutam o monofiletismo de Lebiasina e Piabucina e a sinoníma entre eles é formalmente proposta. O resultado da análise corrobora o monofiletismo de Lebiasinidae (com base em 20 sinapomorfias, 12 exclusivas) e todas as suas demais subunidades. São discutidos eventos graduais de miniaturização em Pyrrhulininae, aparentementeassociados a diversos caracteres redutivos, e a evolução dos modos de vida observados em Nannostomus e Pyrrhulinina. Como resultado da revisão taxonômica, 19 das as 22 espécies nominais de Lebiasininae são consideradas válidas e sete são descritas como espécies novas. Entre elas, constam tês novas espécies que até então eram erroneamente classificadas como Lebiasina bimaculata. Todas as espécies são redescritas e novas diagnoses são propostas para cada uma delas. Adicionalmente, uma chave de identificação das espécies (válidas e novas) é apresentada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.11.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, André Luiz Netto; PINNA, Mario Cesar Cardoso de. Revisão taxonômica e relações interespecíficas de Lebiasininae (Ostariophysi: Characiformes: Lebiasinidae). 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022011-165808/ >.
    • APA

      Ferreira, A. L. N., & Pinna, M. C. C. de. (2010). Revisão taxonômica e relações interespecíficas de Lebiasininae (Ostariophysi: Characiformes: Lebiasinidae). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022011-165808/
    • NLM

      Ferreira ALN, Pinna MCC de. Revisão taxonômica e relações interespecíficas de Lebiasininae (Ostariophysi: Characiformes: Lebiasinidae) [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022011-165808/
    • Vancouver

      Ferreira ALN, Pinna MCC de. Revisão taxonômica e relações interespecíficas de Lebiasininae (Ostariophysi: Characiformes: Lebiasinidae) [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022011-165808/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021