Exportar registro bibliográfico

Avaliação da perda mineral decorrente do processo cariogênico e erosivo ao redor de restaurações de cimento de ionômero de vidro (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SALAS, CéSAR FELIPE CHUQUILLANQUI - FO
  • Unidades: FO
  • Sigla do Departamento: ODO
  • Subjects: CÁRIE DENTÁRIA; RESTAURAÇÃO DENTÁRIA; CIMENTOS DE IONÔMEROS DE VIDRO; ODONTOPEDIATRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O cimento de ionômero de vidro tem mais de 40 anos de uso clínico, com muitas boas qualidades e propriedades de material para forramento e restauração. Como o principal motivo de troca de restaurações é a lesão de cárie secundária, a sua capacidade de indução de remineralização e inibição de desmineralização mostram uma qualidade desejável desse material. Além disso, não se sabe até que ponto o flúor liberado pelos cimentos de ionômeros de vidro é capaz de inibir o processo erosivo. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de inibição dos desafios cariogênicos em dentes restaurados com diferentes tipos de materiais ionoméricos restauradores, bem como avaliar a inibição dos mesmos materiais frente a um desafio erosivo. Foram confeccionados 120 fragmentos de dentes bovinos, que foram divididos aleatoriamente em seis grupos, para serem restaurados com diferentes tipos de cimentos de ionômero de vidro (CIV): CIV de alta viscosidade (Fuji IX), CIV modificado por resina (Vitremer), CIV modificado por resina com nanopartículas (N100), CIV modificado por resina encapsulado (Riva Light Cure), CIV de alta viscosidade encapsulado (Riva Self Cure) e um grupo controle com resina composta (Filtek Z350). Após a restauração de tamanho padronizado, seguindo as indicações do fabricante, os espécimes foram submetidos à desafio cariogênico (ciclagem de pH) e erosivo (ácido cítrico). Microdureza superficial do tipo Knoop das amostras foi avaliada inicialmente. Após 24 horasde desafio erosivo, e 5 dias de ciclagem de pH (desafio cariogênico), uma nova avaliação de microdureza foi realizada para avaliar a perda mineral ao redor das restaurações. Na avaliação estatística, utilizou-se o teste de normalidade de Anderson-Darling e teste de homogeneidade de Levene. Para as comparações, foi realizada análise de variância e teste de contraste de Student-Newman Keuls, com nível de significância de 5%. O desafio erosivo reduziu significantemente a dureza superficial, mas nenhuma diferença significante foi observada independentemente do material restaurador (p>0,05). Para análises do esmalte ao redor, diferenças significantes foram observadas com relação aos diferentes materiais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.09.2010
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SALAS, César Felipe Chuquillanqui; MENDES, Fausto Medeiros. Avaliação da perda mineral decorrente do processo cariogênico e erosivo ao redor de restaurações de cimento de ionômero de vidro. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-18112010-104953/ >.
    • APA

      Salas, C. F. C., & Mendes, F. M. (2010). Avaliação da perda mineral decorrente do processo cariogênico e erosivo ao redor de restaurações de cimento de ionômero de vidro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-18112010-104953/
    • NLM

      Salas CFC, Mendes FM. Avaliação da perda mineral decorrente do processo cariogênico e erosivo ao redor de restaurações de cimento de ionômero de vidro [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-18112010-104953/
    • Vancouver

      Salas CFC, Mendes FM. Avaliação da perda mineral decorrente do processo cariogênico e erosivo ao redor de restaurações de cimento de ionômero de vidro [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-18112010-104953/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020