Exportar registro bibliográfico

Avaliação da qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes do município de São Paulo (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: GOMES, MIRIA BENINCASA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: ADOLESCENTES; QUALIDADE DE VIDA (AVALIAÇÃO); DROGA (VÍCIO); RESILIÊNCIA (PSICOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Os conceitos de qualidade de vida, assim como investigações a respeito do uso de substâncias psicoativas, estão diretamente influenciados pelo contexto histórico, social e cultural. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes matriculados no Ensino Médio do Município de São Paulo buscando fornecer subsídios para políticas públicas e privadas visando à melhoria da qualidade de vida desta população. Foram, para esse fim, sorteadas 17 escolas Estaduais e cinco Particulares, compondo uma amostra de 2434 estudantes. Os instrumentos utilizados foram: Questionário de Identificação, WHOQOL-100, SF-36, Teste de Raciocínio Verbal e Questionário sobre uso de drogas. Para o tratamento estatístico foram realizadas Análise de Variância (ANOVA), o teste Pós Hoc de Tukey, cálculos de porcentagem e análise de Conglomerados (Cluster). Os estudantes que apresentaram maior qualidade de vida e maior consumo de drogas foram os representantes das classes mais altas e, portanto, das escolas particulares. O consumo, neste período da vida, ainda não causa prejuízos, mas, sim, prazer, contribuindo para um auto-relato de melhor qualidade de vida. Os que relataram menor uso tendem a ter melhor resultado em alguns domínios de qualidade de vida, são eles: Domínios: Físicos tanto no SF-36 quanto no WHOQOL-100; capacidade funcional (SF-36), Aspectos Sociais (SF-36), Estado Geral de Saúde (SF-36) e Nível de Independência (WHOQOL-100). Aqueles que revelaramconsumo mais intenso apresentaram pontuações mais baixas nos domínios: Saúde Mental (SF-36), Capacidade Funcional (SF-36), Aspectos Físicos (SF-36 e WHOQOL- 100), Aspectos Sociais (SF-36) e Estado Geral de Saúde (SF-36). As regiões que apresentaram maior consumo de droga foram a norte e a oeste. O menor consumo ficou entre as regiões Leste e Oeste. Algumas Diretorias de Ensino apresentaram alta qualidade de vida e baixo uso de drogas, foram elas Leste 1 e Sul 2. Quanto ao relacionamento com os pais, os que relataram relacionamento ruim com qualquer um dos pais, tenderam a declarar consumo mais intenso de drogas. Estudantes com iv características de resiliência foram encontrados e observou-se alguns aspectos comuns entre eles quando comparados com a amostra geral: eles fazem parte de ambientes com baixo índice de consumo de drogas, relatam apoio e suporte familiar; todos os resilientes declaram bom relacionamento com a mãe e; indicam auto-estima elevada. Independentemente dos riscos apresentados, dos problemas ou das dificuldades, a sugestão sempre está ligada a programas, projetos, ações, medidas que incluem a educação num sentido mais amplo, ou seja, a criação de programas educativos locais, que envolvam as características, anseios, dificuldades, potencialidades de uma determinada população. Realizar programas de promoção de saúde envolve o fortalecimento das capacidades individuais, mobilização de recursos coletivos, medidas intersetoriais (associação de setoreseducacionais com setores da saúde e comunitários), valorização da família (o papel do pai, da mãe, a qualidade das relações, etc.), da capacidade de escolha, do conhecimento, da cultura e respeito às diferenças e diversidades
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BENINCASA, Miria; CUSTÓDIO, Eda Marconi. Avaliação da qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes do município de São Paulo. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19102010-145600/ >.
    • APA

      Benincasa, M., & Custódio, E. M. (2010). Avaliação da qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes do município de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19102010-145600/
    • NLM

      Benincasa M, Custódio EM. Avaliação da qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes do município de São Paulo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19102010-145600/
    • Vancouver

      Benincasa M, Custódio EM. Avaliação da qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes do município de São Paulo [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19102010-145600/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021