Exportar registro bibliográfico

Análise qualitativa do relato de mães com sintomatologia depressiva participantes do projeto Ipê (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: CECCHINI, MARINA VALENTE GUIMARãES - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: DEPRESSÃO PÓS-PARTO; SAÚDE PÚBLICA; PESQUISA QUALITATIVA
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo faz parte do projeto temático Ipê; uma pesquisa longitudinal sobre depressão pós-parto (DPP), suas possíveis causas e conseqüências para a interação mãebebê e para o desenvolvimento infantil. As participantes do Ipê são atendidas pelo sistema único de saúde (SUS) da região do Butantã, em São Paulo, e foram entrevistadas em diversos momentos, inclusive no terceiro trimestre de gestação. As díades mãe-bebê foram avaliadas dois dias após o parto, no terceiro e no quarto mês de idade da criança. Este último momento teve a avaliação da sintomatologia para DPP (depressão pós-parto) com a aplicação da EPDE (Escala pós-parto de Edimburgo), que permitiu o encaminhamento das participantes com pontuação significante para DPP para atendimento em psicoterapia breve. Após dez atendimentos, as que apresentaram maior pontuação na aplicação da EPDE foram convidadas para uma entrevista que perguntava como foi saber da gravidez. Esta pergunta era um inicial para ter o relato materno de como estava no momento do pós-parto e o que corroborava para a falta, culminando nas queixas de sintomas depressivos presentes na aplicação da escala de depressão. Foram entrevistadas sete participantes do projeto Ipê. As entrevistas gravadas foram transcritas na forma mais fidedigna e os conteúdos apreendidos foram investigados por meio da análise de conteúdo temático (Bardin, 2002). A análise do discurso das sete participantes foi organizada pela cronologia descrita, desde a descoberta da gravidez,até o desenrolar do parto e o. subsequente pós-parto, caracterizado pelas mudanças na relação da mulher em relação ao seu ciclo social (companheiro, família, amigos e até o próprio filho). Do relato das mães com maior sintomatologia para DPP de acordo com a pontuação da EPDE, conclui-se que há uma persistente ambivalência com a chegada do filho, amplificando as responsabilidades acerca de todos os afazeres atribuídos às mães, implicando sentimentos de incapacidade e incompletude, levando a relatos de sensação de falta de suporte, principalmente por parte de seu companheiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CECCHINI, Marina Valente Guimarães; BUSSAB, Vera Silvia Raad. Análise qualitativa do relato de mães com sintomatologia depressiva participantes do projeto Ipê. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-21102010-152828/ >.
    • APA

      Cecchini, M. V. G., & Bussab, V. S. R. (2010). Análise qualitativa do relato de mães com sintomatologia depressiva participantes do projeto Ipê. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-21102010-152828/
    • NLM

      Cecchini MVG, Bussab VSR. Análise qualitativa do relato de mães com sintomatologia depressiva participantes do projeto Ipê [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-21102010-152828/
    • Vancouver

      Cecchini MVG, Bussab VSR. Análise qualitativa do relato de mães com sintomatologia depressiva participantes do projeto Ipê [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-21102010-152828/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021