Exportar registro bibliográfico

A história esquecida da Guerra do Paraguai: fome, doenças e penalidades (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: DOURADO, MARIA TERESA GARRITANO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: GUERRA DO PARAGUAI; FOME; DOENÇAS; PUNIÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Conhecida como Guerra do Paraguai, Guerra da Tríplice Aliança e Guerra Grande, foi o conflito bélico de grande repercussão na história latino-americana quer quanto à mobilização, quer quanto à perda de homens. A longa duração da guerra, de dezembro de 1864 a março de 1870, analisada através de corpus documental expõe, de maneira brutal o tratamento dado aos soldados e demais participantes que lutavam não contra o inimigo comum paraguaio e sim pela sobrevivência nos campos de batalha: sem água e alimentos suficientes e adequados, sem instrumental médico-cirúrgico preparados para enfrentar as grandes batalhas que produziam milhares de feridos. Na capital do Império do Brasil e em outros portos das duas capitais aliadas como Buenos Aires e Montevidéu soldados recém-convocados, feridos e doentes transitavam sem qualquer orientação sobre cuidados sanitários e vacinação, disseminando, dessa forma, doenças muitas delas incubadas, que logo seriam transmitidas a milhares de outros soldados e civis nos campos de batalha e nas cidades para onde eram levados para tratamento. A concentração de grande massa de combatentes e não combatentes de um acampamento militar exigiu a necessidade de garantir a ordem e a disciplina. As deserções, os atos de covardia e de insubordinação, os homicídios, as brigas, os roubos, os atentados contra a propriedade, as violações e outros delitos estavam longe de serem raros, muito pelo contrário, eram bastante frequentes e constam numa profusa documentação.Analiso, além da fome e das epidemias, o funcionamento da Justiça Militar durante a Guerra do Paraguai em um acampamento do exército brasileiro e em navios da armada imperial onde se vivia sob indispensáveis regras disciplinares, muitas vezes quebradas, privilegiando fontes como memória de combatentes (oficiais e praças) e ordens do dia, entre muitas outras, em arquivos públicos e particulares. Investigo a origem dos batalhões de soldados e marinheiros destinados aos campos de batalhas, bem como o seu recrutamento e estratégias de resistência, analisando também as consequências que isso acarretou em todos os anos que durou a guerra. Procuro demonstrar que as penalidades eram resultantes diretas da fome e das doenças que grassavam nos acampamentos do exército e nos navios da esquadra imperial, interferindo, de maneira crucial, nos resultados da guerra
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.11.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DOURADO, Maria Teresa Garritano; LEONZO, Nanci. A história esquecida da Guerra do Paraguai: fome, doenças e penalidades. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08122010-135132/ >.
    • APA

      Dourado, M. T. G., & Leonzo, N. (2010). A história esquecida da Guerra do Paraguai: fome, doenças e penalidades. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08122010-135132/
    • NLM

      Dourado MTG, Leonzo N. A história esquecida da Guerra do Paraguai: fome, doenças e penalidades [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08122010-135132/
    • Vancouver

      Dourado MTG, Leonzo N. A história esquecida da Guerra do Paraguai: fome, doenças e penalidades [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-08122010-135132/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021