Exportar registro bibliográfico

O processo decisório judicial à luz dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: KHALIL, ANTOIN ABOU - FD
  • Unidade: FD
  • Sigla do Departamento: DPC
  • Subjects: DECISÃO JUDICIAL; PSICANÁLISE; FUNÇÃO JURISDICIONAL; MAGISTRATURA; JUSTIÇA; TEORIA DOS TIPOS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho tem por objeto a análise da influência do psiquismo do juiz no modo como preside o processo - estilo de colheita de dados e relacionamento com os de¬ mais sujeitos (partes e advogados, principalmente) - e produz suas decisões. Há, portanto, uma interface entre Direito e Psicologia, tomando-se como paradigma a teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung e seguidores, com os acréscimos que lhe foram feitos por Isabel Briggs Myers e Katharine Cook Briggs. Para fins de contraste, a teoria de Jung é confrontada com a tipologia psicanalítica de Freud. No âmbito jurídico, especial atenção é dada à relação das funções pensamento e sentimento com o "senso de justiça", sugerindo¬ se que a teoria tridimensional do Direito, de Miguel Reale, seja a expressão jurídica do uso equilibrado das funções perceptivas e judicativas. Esta a primeira parte do trabalho. Na segunda, são analisados tipologicamente seis magistrados do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, tomando-se por base sua atuação profissional, confonne por eles expressa em entrevista. A entrevista foi feita a partir de um questionário padrão, de modo a estabelecer paralelos discursivos e daí colher semelhanças e diferenças, analisadas à luz do tipo psicológico aferido. Para aferição do tipo psicológico de cada entrevistado, além da análise do conteúdo de sua fala, foi aplicado um segundo questionário, de natureza especí¬fica. A título de conclusão, verificou-se haver grande consistência no postulado de que existe correlação entre o tipo de personalidade do magistrado e o resultado de seu trabalho. Isso abre grandes perspectivas seja de estudo-aprendizado na área, seja de aperfeiçoamento profissional e pessoal destes agentes, cuja atividade é tão vital para o processo de produção de justiça no caso concreto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.03.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KHALIL, Antoin Abou; PRADO, Lidia Reis de Almeida. O processo decisório judicial à luz dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2139/tde-26052011-150115/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Khalil, A. A., & Prado, L. R. de A. (2010). O processo decisório judicial à luz dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2139/tde-26052011-150115/?&lang=pt-br
    • NLM

      Khalil AA, Prado LR de A. O processo decisório judicial à luz dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2139/tde-26052011-150115/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Khalil AA, Prado LR de A. O processo decisório judicial à luz dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2139/tde-26052011-150115/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021