Exportar registro bibliográfico

Uma incursão pela abordagem de pesquisa em contabilidade no Brasil fundamentada em teorias semióticas e da comunicação (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: GOUVEIA, FERNANDO HENRIQUE CAMARA - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Subjects: SEMIÓTICA; TEORIA DA COMUNICAÇÃO; LINGUAGEM; CONTABILIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: Quando tratada como a linguagem dos negócios, a Contabilidade é tida como um sistema de códigos que permite a comunicação entre a administração da empresa e os usuários reais ou potenciais das informações geradas pela primeira. Essa proposta torna-se ainda mais relevante quando tanto a doutrina como os órgãos regulamentadores apontam que comunicar é posto como o próprio objetivo da Contabilidade. A Contabilidade também é reconhecida como uma manifestação linguística por apresentar aspectos em comum com outras linguagens. Dentro desse contexto, diversos estudos propõem a utilização de teorias semióticas e da comunicação para a realização de pesquisas contábeis, não apenas com relação às informações numéricas das demonstrações financeiras, mas também a terminologia, os textos, gráficos e imagens utilizados nessas demonstrações e em outras narrativas que compõem o disclosure de uma entidade. Estudos empíricos sobre essa abordagem são encontrados desde a década de 1970 no exterior, e há pelo menos uma década de forma mais frequente no Brasil. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo realizar um review de trabalhos publicados em periódicos, congressos brasileiros e teses e dissertações defendidas em programas de pós-graduação avaliados pela Capes para responder ao seguinte problema de pesquisa: Qual o estado da arte da pesquisa em Contabilidade no Brasil fundamentada em teorias Semióticas e da Comunicação? Foram coletados 22 trabalhos, num total de 18 inéditos, que foramsegregados em seis categorias, conforme o problema de pesquisa proposto: teórico, compreensão de termos técnicos, evolução de significados, compreensibilidade de relatórios, fidelidade de representação e influência no preço das ações. Os trabalhos teóricos sugerem a utilização de teorias semióticas e da comunicação para investigar se a Contabilidade atinge seus objetivos. Geralmente, tais trabalhos tratam da compreensibilidade associada ao nível de sofisticação do usuário e da fidelidade de representação associada à relevância da informação. Os trabalhos empíricos encontraram evidências de que os usuários não compreendem alguns termos utilizados nos relatórios contábeis, ou têm concepções diferentes acerca deles, que as narrativas contábeis podem ser consideradas de difícil leitura e que o repertório e a formação dos usuários das demonstrações contábeis afetam a compreensibilidade, que há presença de gerenciamento de impressões na forma como os relatórios narrativos são elaborados e que o pessimismo das narrativas contábeis influencia o valor de mercado das empresas. Também foi constatada a importância da evolução histórica da utilização de um termo ou expressão para se entender o conceito ou significado que a sociedade atribui a ele. No que concerne às metodologias utilizadas, observou-se uma grande variedade de recursos inferenciais estatísticos empregados para abordar os problemas de pesquisa. As técnicas mais utilizadas foram o questionário e a análise de conteúdo(temática e sintática) muitas vezes em conjunto com técnicas de inferência estatística. Os trabalhos teóricos são os que mais fizeram referências às teorias semiótica e da comunicação, entretanto os trabalhos empíricos não tratam necessariamente dessas teorias, apesar de frequentemente abordarem a contabilidade como uma forma de linguagem, ou como importante para o processo de comunicação da administração com os usuários. Por fim, foram sugeridos alguns direcionadores para as pesquisas nacionais. As possibilidades de pesquisas têm o potencial de serem ampliadas, seja pela variedade de narrativas contábeis passíveis de investigação, seja pelo objeto de estudo, que não necessariamente deve recair sobre as narrativas, seja pela perspectiva sobre a qual o objeto de estudo é pesquisado. Há também a possibilidade de explorar melhor o arcabouço teórico das ciências semióticas e da comunicação, que parece ser subutilizado em alguns estudos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.10.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOUVEIA, Fernando Henrique Câmara; MARTINS, Eliseu. Uma incursão pela abordagem de pesquisa em contabilidade no Brasil fundamentada em teorias semióticas e da comunicação. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-30112010-161305/ >.
    • APA

      Gouveia, F. H. C., & Martins, E. (2010). Uma incursão pela abordagem de pesquisa em contabilidade no Brasil fundamentada em teorias semióticas e da comunicação. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-30112010-161305/
    • NLM

      Gouveia FHC, Martins E. Uma incursão pela abordagem de pesquisa em contabilidade no Brasil fundamentada em teorias semióticas e da comunicação [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-30112010-161305/
    • Vancouver

      Gouveia FHC, Martins E. Uma incursão pela abordagem de pesquisa em contabilidade no Brasil fundamentada em teorias semióticas e da comunicação [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-30112010-161305/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020