Exportar registro bibliográfico

Manganês porfirinas em materiais nanoestruturados como catalisadores biomiméticos na oxidação de hidrocarbonetos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: AIROLDI, HEIDE REGINA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 593
  • Subjects: MANGANÊS; CATÁLISE; OXIDAÇÃO; HIDROCARBONETOS
  • Language: Português
  • Abstract: Cloreto de 5,10,15,20,25-tetrakis(pentafluorofenil)porfirinato de manganês (111) (MnP) foi imobilizado em sílica hexagonal mesoporosa (SHM). Os materiais foram preparados pela co-condensação entre tetraetilortossilicato e a metaloporfirina covalentemente ligada à 3-aminopropiltrietoxissilano, ao redor de dois tensoativos distintos, n-dodecilamina (‘C IND.12’) ou n-hexadecilamina (‘C IND.16’), com a finalidade de modular os tamanhos dos poros. Os materiais obtidas MnP-SHM’C IND. 2’ e MnP-SHM‘C IND. 16’ foram caracterizados por IV, RD UV-Vis, DRX, BET e TGA. As análises de RD UV-Vis e DRX, confirmaram que a imobilização da MnP em SHM a partir dos tensoativos Cá e Cá foi realizada com sucesso. Pode-se observar pelo MEV que os catalisadores apresentam-se como nanopartículas esféricas de 50 a 100 nm que se aglomeram em esferas maiores de 0,5 a 1,5 μm aproximadamente, revelando estruturas organizadas. Nas análises por BET, a MnP-SHM‘C IND. 12’ em comparação com a MnP-SHM‘C IND.16’, apresentou valores de área superficial (As: 500 ‘m POT. 2’.‘g POT. -1’), volume de poro (Pv: 0,96 ‘cm POT. 3’.‘g POT. -1’) e tamanho de poro (PT: 7,7 nm) inferiores aos obtidas para a MnP-SHMC16 (As: 760 ‘m POT. 2’.‘g POT. -1’; PV: 1,6 ‘cm POT. 3’.‘g POT. -1’; PT: 8,8 nm) como esperado. Os resultados mostram que estes materiais apresentam estrutura mesoporosa com grande área superficial. A eficiência catalítica dos materiais foi avaliada na oxidação do (Z)cicloocteno e cicloexano utilizando iodosilbenzeno e ‘H IND.2’ ‘O IND.2’ como oxidante nos solventes dicloroetano, metanol e acetonitrila. Os melhores resultados obtidas na epoxidação (100%) foram em dicloroetano, com iodosilbenzeno como oxidante, enquanto que nas mesmas condições o rendimento de cicloexanol foi de 16%. Com o ‘H IND.2’ ‘O IND.2’ como oxidante os resultados foram em geral menores.As reutilizações dos catalisadores MnP-SHM‘C IND. 12’ e MnP-SHM‘C IND.16’ na oxidação do (Z)-cicloocteno foram estudadas em 10 ciclos e apresentam alta estabilidade e eficiência catalítica, com número de tumoverde 903 e 740 'respectivamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.10.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AIROLDI, Heide Regina; IAMAMOTO, Yassuko. Manganês porfirinas em materiais nanoestruturados como catalisadores biomiméticos na oxidação de hidrocarbonetos. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Airoldi, H. R., & Iamamoto, Y. (2010). Manganês porfirinas em materiais nanoestruturados como catalisadores biomiméticos na oxidação de hidrocarbonetos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Airoldi HR, Iamamoto Y. Manganês porfirinas em materiais nanoestruturados como catalisadores biomiméticos na oxidação de hidrocarbonetos. 2010 ;
    • Vancouver

      Airoldi HR, Iamamoto Y. Manganês porfirinas em materiais nanoestruturados como catalisadores biomiméticos na oxidação de hidrocarbonetos. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020