Exportar registro bibliográfico

Normas do Rorschach em crianças de seis a oito anos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FERNANDES, SUÉLEN - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: MÉTODOS DO TRATAMENTO PSICOLÓGICO; CRIANÇAS; AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA; TÉCNICAS PROJETIVAS; PERSONALIDADE
  • Keywords: Normas; Rorschach; Children; Norms; Projective Techniques Personality; Psychological Assessment
  • Language: Português
  • Abstract: O Psicodiagnóstico de Rorschach é uma técnica projetiva de exame psicológico, reconhecida mundialmente e utilizada em processos de avaliação da personalidade. Necessita, como qualquer instrumento de avaliação psicológica, de adequados referenciais normativos para subsidiar válida interpretação de seus indicadores. Diante da insuficiência de estudos desta natureza voltados à população infantil brasileira, este trabalho objetivou desenvolver padrões normativos do Rorschach para crianças de seis a oito anos de idade, avaliando-se também eventuais especificidades de produção nesta técnica projetiva associadas ao sexo, à idade e à origem escolar. Participaram deste estudo 180 estudantes de seis a oito anos, com sinais de desenvolvimento típico, residentes em cidade do interior paulista, distribuídos equitativamente em relação ao sexo, idade e origem escolar, autorizados para participar do estudo por meio de consentimento formal de seus pais ou responsáveis. Estes responderam inicialmente um Questionário informativo sobre histórico da criança, permitindo adequada seleção dos voluntários. As crianças foram avaliadas individualmente por meio das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven e pelo Método do Rorschach (Escola Psicanalítica Francesa), seguindo-se seus respectivos manuais e orientações técnicas especificas. A codificação dos protocolos do Rorschach foi realizada por três avaliadores independentes, psicólogos com experiência prévia na técnica e que receberam treinamento especifico para o desenvolvimento deste trabalho. Suas análises revelaram elevados índices de acordo entre examinadores, evidenciando suficiente precisão nos resultados. Os dados do Rorschach foram analisados em termos descritivos (média, desvio-padrão, mediana, valores mínimo e máximo) e inferenciais. Para as análises estatísticas inferenciais utilizou-se do modelo de regressão linear(variáveis relacionadas à produtividade e ao ritmo) e do modelo univariado e ajustado da distribuição binomial (demais variáveis da Escola Psicanalítica Francesa do Rorschach), a fim de verificar possíveis efeitos do sexo, da idade e da origem escolar nos resultados das crianças. Um panorama global dos atuais referênciais normativos apontou, em termos médios, os seguintes índices: a) produtividade e de ritmo: R= 14,5; TL= 14,2 segundos e TRm= 28,8 segundos; b) modos de apreensão: G= 38,6%, D= 44,2%, Dd= 16,6% e Dbl= 0,5%; c) determinantes e índices formais: F%= 66,4%, F+%= 68,8% e F+ext%= 70,0%; d) estilo de vivência afetiva predominante: coartativo; e) conteúdos predominantes: A%= 64,5% e H%= 14,1%; f) Ban=18,5%. No que se refere à análise das possíveis influências das variáveis sexo, idade e origem escolar nos resultados do Rorschach da amostra avaliada, foram observadas diferenças estatisticamente significativas em um número reduzido de variáveis desta técnica projetiva, sugerindo possibilidade de composição de atlas único para crianças de seis a oito anos de idade, de ambos os sexos e provenientes de escolas públicas e particulares. É importante destacar que a variável idade foi aquela que pareceu exercer maior efeito no conjunto de respostas das crianças ao Rorschach, sugerindo aspectos maturacionais envolvidos no processo de interpretação desta técnica, apontando para a necessidade de se considerar, em avaliações clínicas, as atuais evidências empíricas para adequada interpretação dos resultados referentes ao Rorschach
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Suélen; PASIAN, Sonia Regina. Normas do Rorschach em crianças de seis a oito anos. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-150520/ >.
    • APA

      Fernandes, S., & Pasian, S. R. (2010). Normas do Rorschach em crianças de seis a oito anos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-150520/
    • NLM

      Fernandes S, Pasian SR. Normas do Rorschach em crianças de seis a oito anos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-150520/
    • Vancouver

      Fernandes S, Pasian SR. Normas do Rorschach em crianças de seis a oito anos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-150520/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021