Exportar registro bibliográfico

Avaliação da coleta de sangue em papel de filtro para diagnóstico molecular da dengue (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUES, CÉLIA LUIZA DE LIMA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MIP
  • Subjects: DENGUE (DIAGNÓSTICO); REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE; CORANTES FLUORESCENTES; PUNÇÕES
  • Language: Português
  • Abstract: O diagnóstico rotineiro da dengue é realizado com amostra de sangue dos casos suspeitos. A coleta tradicional de sangue (por punção venosa) é um procedimento que dificulta a realização de exames e pesquisas por ser um procedimento invasivo que nem sempre é prático para crianças e bebês, requer pessoal especializado e necessita de um local para armazenamento da amostra sob refrigeração ou congelamento. O propósito deste estudo foi coletar amostras por punção digital com uma nova tecnologia (FTA Card) e compará-la com amostras coletadas por punção venosa, avaliando-as através de uma técnica molecular de PCR em tempo real. Sendo o PCR em Tempo Real a técnica molecular atualmente disponível de maior rapidez, sensibilidade e especificidade, padronizamos uma metodologia de passo único de PCR em Tempo Real com SYBR green baseando-se na região 3 não codificante do vírus e utilizando primers degenerados, capazes de detectar os quatro sorotipos de uma só vez. A avaliação das técnicas de coleta e amplificação foram feitas com amostras suspeitas de dengue, obtidas em Goiânia durante surto ocorrido no ano de 2008. O limite de detecção da reação padronizada no presente estudo foi de aproximadamente 100 cópias/ml e uma especificidade de 100%. Para tipagem das amostras positivas a técnica empregada foi o PCR multipex. Dentre as 89 amostras coletadas 60 (67%) foram positivas para àquelas coletadas por punção venosa e 14 (16%) para àquelas coletadas por punção digital. Dentre as 89 amostras para o PCR em Tempo Real, apenas 29 (32%), foram tipadas pelo método de PCR multiplex, sendo 3 casos do vírus da dengue 1 (10%), 16 casos do vírus da dengue 2 (55%), e 10 casos do vírus da dengue 3 (35%). Descritores: Dengue/diagnóstico, coleta de amostras sanguíneas, reação em cadeia da polimerase, corantes fluorescentes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.10.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Célia Luiza de Lima; LEVI, José Eduardo. Avaliação da coleta de sangue em papel de filtro para diagnóstico molecular da dengue. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-23112010-174300/ >.
    • APA

      Rodrigues, C. L. de L., & Levi, J. E. (2010). Avaliação da coleta de sangue em papel de filtro para diagnóstico molecular da dengue. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-23112010-174300/
    • NLM

      Rodrigues CL de L, Levi JE. Avaliação da coleta de sangue em papel de filtro para diagnóstico molecular da dengue [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-23112010-174300/
    • Vancouver

      Rodrigues CL de L, Levi JE. Avaliação da coleta de sangue em papel de filtro para diagnóstico molecular da dengue [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-23112010-174300/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021