Exportar registro bibliográfico

Papel dos barorreceptores na regulação neural da pressão arterial em camundongos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUES, FERNANDA LUCIANO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: PRESSÃO SANGUÍNEA; PRESSORECEPTORES; FISIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo avaliou o papel dos barorreceptores arteriais (aórticos e carotídeos) na regulação da pressão arterial (PA) e intervalo de pulso (IP) em camundongos acordados. Cinco dias antes dos experimentos, camundongos C 57BI foram submetidos a desnervação sino-aórtica (DSA) ou desnervação seletiva dos barorreceptores do arco aórtico (Ao-X) ou seio carotídeo (Ca-X), e receberam cânulas na artéria femoral e veia jugular. Apos registro basal da PA, os camundongos receberam fenilefrina e bloqueadores de receptores autonômicos (metil atropina ou propranolol), para avaliação do tono autonômico cardíaco. A variabilidade da PA e do IP foram avaliadas no domínio do tempo, por cálculos estatísticos, e da freqüência, por analise espectral (FFT), com espectros quantificados nas bandas de LF (0,25-1,0 Hz) e HF (1,0-5,0 Hz). O barorreflexo espontâneo foi avaliado por meio da tecnica da seqüência. A PA e sua variabilidade total foram maiores nos animais submetidos a DSA, Ao-X ou Ca-X. O IP não diferiu entre os grupos, porem sua variabilidade total foi menor apos a DSA. Atropina não alterou o IP dos camundongos desnervados (total ou parcialmente), mas causou taquicardia nos intactos. A bradicardia apos propranolol foi maior nos animais submetidos a DSA, Ao-X ou Ca-X. O aumento na variabilidade total da PA foi acompanhado de um significante aumento no LF e HF dos espectros da PA sistólica dos camundongos submetidos a DSA, Ao-X e Ca-X. Por outro lado, o LF e o HF da variabilidade do IP foram reduzidos apos a DSA, Ao-X ou Ca-X, embora essa queda tenha sido menor nos camundongos submetidos a desnervação parcial (Ao-X ou CaX). O numero de seqüência barorreflexas não foi alterado pela DSA, embora o ganho destas seqüências tenha sido reduzido apos a remoção das aferências barorreceptoras. O duplo bloqueio de receptores autonômicos reduziu drasticamente o numero de seqüências PA/IP. tanto nos camundongos intactos como nossubmetidos a DSA. Os resultados demonstraram que a presença de ambos os conjuntos de barorreceptores e necessária para manter a PA em níveis normais. Alem disso, ambos os conjuntos de barorreceptores parecem ser igualmente importantes na regulação do tono autonômico cardíaco em camundongos. A analise espectral demonstrou um importante papel dos barorreceptores arteriais nas oscilações de LF do IP. O numero de seqüências PA/IP antes e apos o duplo bloqueio autonômico sugere que 5 dias apos a DSA, os camundongos ainda apresentam variações no IP, que são dirigidas pela PA e mediadas pelo sistema nervoso autônomo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.08.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Fernanda Luciano; FAZAN JUNIOR, Rubens. Papel dos barorreceptores na regulação neural da pressão arterial em camundongos. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Rodrigues, F. L., & Fazan Junior, R. (2010). Papel dos barorreceptores na regulação neural da pressão arterial em camundongos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rodrigues FL, Fazan Junior R. Papel dos barorreceptores na regulação neural da pressão arterial em camundongos. 2010 ;
    • Vancouver

      Rodrigues FL, Fazan Junior R. Papel dos barorreceptores na regulação neural da pressão arterial em camundongos. 2010 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021