Exportar registro bibliográfico

Bevacizumabe intravítreo para o tratamento do edema macular diabético associado à perda capilar grave (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: BONINI FILHO, MARCO ANTONIO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: EDEMA MACULAR CISTOIDE (TRATAMENTO); ISQUEMIA; DOENÇAS RETINIANAS
  • Language: Português
  • Abstract: OBJETIVO: Avaliar os efeitos do bevacizurnabe intravitreo no tratamento do edema macular diabético (EMD) associado à perda capilar grave. DESENHO DO ESTUDO: Estudo multicêntrico, aberto, não-aleatório. MÉTODOS: Em dois centros de referência terciária em oftalmologia, dez pacientes consecutivos com diagnóstico de EMD associado à perda capilar grave foram submetidos a injeção intravitreo de bevacizumabe (1,5 mg). Avaliação oftalmológica completa, tomografia de coerência óptica (TCO) e angiografia com fluoresceína foram realizadas na visita inicial e semanas 8, 16, 24 e 54. E, as medidas principais avaliadas foram as mudanças individuais na melhor acuidade visual corrigido (MAVC) e nas variáveis objetivas da TCO (espessura macular central [EMC] e volume macular total [VMT]). RESULTADOS: A MAVC média (logMAR) foi de 0,786 (‘20/125 POT. +1’) na visita inicial, 0,646 (‘20/80 POT. -2’) na semana 8, 0,580 (‘20/80 POT. +1’) na semana 16, 0,574 (‘20/80 POT. +1’) na semana 24, e 0,558 (‘20/80 POT. +2’) na semana 54. Melhora significativa na MAVC foi observada em todos os períodos estudados (P<0,008). Os valores médios de EMC (‘mü’um) e VMT (‘mm POT. 3’) foram respectivamente: 472,6 e 10,9 na visita inicial, 371,4 e 9,9 na semana 8, 359,5 e 9,8 na semana 16, 323,9 e 9,4 na semana 24, e 274,6 e 8,7 na semana 54. Redução significativa do EMC e VMT foi observada nas semanas 24 e 54 (P˂0.007). Na semana 54, observou-se redução do extravasamento de contraste em região macular bem como ausência de achados angiográficos sugestivos de qualquer progressão da perda capilar. CONCLUSAO: Os resultados aqui apresentados, tanto na acuidade visual bem como variáveis mensuráveis da TCO, sugarem que o bevacizumabe intravitreo pode ser uma alternativa de tratamento viável para o manejo do edema macular diabético associado a perda capilar grave
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONINI FILHO, Marco Antonio; COSTA, Rogério Alves. Bevacizumabe intravítreo para o tratamento do edema macular diabético associado à perda capilar grave. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Bonini Filho, M. A., & Costa, R. A. (2010). Bevacizumabe intravítreo para o tratamento do edema macular diabético associado à perda capilar grave. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bonini Filho MA, Costa RA. Bevacizumabe intravítreo para o tratamento do edema macular diabético associado à perda capilar grave. 2010 ;
    • Vancouver

      Bonini Filho MA, Costa RA. Bevacizumabe intravítreo para o tratamento do edema macular diabético associado à perda capilar grave. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021