Exportar registro bibliográfico

Melhoria da resistência no estado fundido do polipropileno através da adição de nanoargilas (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated author: OLIVEIRA, CAMILA FERNANDA DE PAULA - EP
  • School: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Subjects: NANOCOMPOSITOS; REOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho foram obtidos nanocompósitos de polipropileno (PP) e argilas. Três tipos de PP com índices de fluidez de 1,5; 2,2 e 37,9 g/10min (230ºC/216kg) foram utilizados. O PP com maior índice de fluidez é um produto modificado com peróxido. Essas amostras de PP foram misturadas ao masterbatch da Nanocor nanoMax®-PP. Concentrações de masterbatch variando de 3 a 12% em peso foram utilizadas. Os compósitos foram obtidos em uma extrusora dupla rosca e em um misturador. O Masterbatch foi caracterizado por fluorescência de raios X, difração de raios X (DRX) e por espectroscopia no infravermelho (FTIR). Os compósitos foram caracterizados por DRX, microscopia ótica (MO) e de transmissão (MET), e reologicamente. A caracterização reológica foi realizada conduzindo ensaios de varredura de tempo e ensaios de Cisalhamento Oscilatório de Pequena Amplitude (COPA) no regime de viscoelasticidade linear. Ensaios utilizando uma matriz cônica que permite a avaliação da viscosidade elongacional foram também conduzidos. Com essa matriz foi também possível a avaliação da viscosidade de cisalhamento dos compósitos para taxas de cisalhamento que correspondem a regime de viscoelasticidade linear. Os resultados da caracterização do Masterbatch mostraram que este consiste de uma mistura de polipropileno enxertado com anidrido maleico e uma argila do tipo esmectita, predominantemente montmorilonita (MMT). O espaçamento basal das argilas nos compósitos obtidos foi maior do que aquele da argila no masterbatch para todos os compósitos, diminuindo com o aumento da concentração de masterbatch no compósito. A viscosidade dos compostos obtidos aumentou com o tempo durante os ensaios de varredura de tempo devido a variações morfológicas. Essas variações foram mais importantes quando a freqüência utilizada no ensaio era menor.Essas variações foram correlacionadas com a evolução da morfologia dos compostos em função do tempo. O módulo de armazenamento obtido nos ensaios de COPA a baixas frequências para os compósitos foi maior do que o módulo dos polímeros puros para concentrações de argila acima de 6%. Esse aumento do módulo foi muito mais intenso para o PP de maior índice de fluidez. Os ensaios de caracterização reológica utilizando a matriz cônica mostraram que os nanocompósitos não seguem a lei de Cox-Merz e que para o PP de maior índice de fluidez a viscosidade elongacional aumenta com o aumento da concentração de masterbatch.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.07.2010
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Camila Fernanda de Paula. Melhoria da resistência no estado fundido do polipropileno através da adição de nanoargilas. 2010. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-20082010-162643/. Acesso em: 28 jun. 2022.
    • APA

      Oliveira, C. F. de P. (2010). Melhoria da resistência no estado fundido do polipropileno através da adição de nanoargilas (Dissertação (Mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-20082010-162643/
    • NLM

      Oliveira CF de P. Melhoria da resistência no estado fundido do polipropileno através da adição de nanoargilas [Internet]. 2010 ;[citado 2022 jun. 28 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-20082010-162643/
    • Vancouver

      Oliveira CF de P. Melhoria da resistência no estado fundido do polipropileno através da adição de nanoargilas [Internet]. 2010 ;[citado 2022 jun. 28 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3133/tde-20082010-162643/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022