Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Distribuição espacial e temporal de abelhas melíferas africanizadas e vespídeos (Hymenoptera) na cidade de São Paulo (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, AGDA MARIA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • DOI: 10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017
  • Subjects: ABELHAS; VESPAS; HYMENOPTERA; CONTROLE DE INSETOS; DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL; ECOLOGIA; ZONA URBANA; SÃO PAULO (SP)
  • Keywords: Abelhas Africanizadas; Bionomia
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução – Abelhas (Apis) e vespídeos causam problemas tanto ao homem quanto aos animais, podendo ocasionar manifestações de hipersensibilidade e choque anafilático em conseqüência da ferroada. Após o processo de hibridização as abelhas tornaram-se mais produtivas, porém, mais defensivas e devido às alterações antrópicas, encontraram na cidade locais de nidificação. Existe na capital paulista desde 1994 um serviço realizado pelo Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde, que retira colméias e enxames de abelhas e vespídeos, conforme solicitações dos munícipes. As informações dessas atividades foram disponibilizadas para estudo. Objetivo – Mapear regiões da cidade de São Paulo com registros de maior concentração de colméias e enxames de abelhas e vespídeos, locais de nidificação, além de sugerir medidas para orientação da população. Métodos – Utilizar dados secundários oriundos de solicitações atendidas durante o período de agosto de 2002 a julho de 2005, e por meio de uma planilha compilar as informações e cruzar às variáveis estudadas. Resultados – No período estudado, foram totalizados 9.190 solicitações entre abelhas melíferas africanizadas e vespídeos. Houve maior freqüência no atendimento para vespídeos. A distribuição ocorreu por todo o município, tendo a região leste maior freqüência de vespídeos e a região sul maior freqüência de abelhas melíferas africanizadas. No período em estudo ocorreram 1.944 acidentes com vítimas. Quanto aos locais de nidificação, o forro de residências e edificações foi o mais utilizado tanto para abelhas melíferas africanizadas como vespídeos.Conclusões – Meses que correspondem a estações mais quentes, apresentam maior concentração de atendimentos. As solicitações para atendimento a vespídeos foi maior. Verifica-se distribuição por todo o município e grande diversidade nos locais utilizados para nidificação.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.09.2007
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Agda Maria; NATAL, Delsio. Distribuição espacial e temporal de abelhas melíferas africanizadas e vespídeos (Hymenoptera) na cidade de São Paulo. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017 > DOI: 10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017.
    • APA

      Oliveira, A. M., & Natal, D. (2007). Distribuição espacial e temporal de abelhas melíferas africanizadas e vespídeos (Hymenoptera) na cidade de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017
    • NLM

      Oliveira AM, Natal D. Distribuição espacial e temporal de abelhas melíferas africanizadas e vespídeos (Hymenoptera) na cidade de São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017
    • Vancouver

      Oliveira AM, Natal D. Distribuição espacial e temporal de abelhas melíferas africanizadas e vespídeos (Hymenoptera) na cidade de São Paulo [Internet]. 2007 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2007.tde-20042012-130017

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021