Exportar registro bibliográfico

Aderência ao tratamento com inibidores da bomba protônica em pacientes com doença do refluxo gastroesofágico (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: PAZ, KARINE DAL - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MGT
  • Subjects: REFLUXO GASTROESOFÁGICO; COOPERAÇÃO DO PACIENTE; PROTEÍNAS DE TRANSPORTE (ANTAGONISTAS E INIBIDORES); ASSISTÊNCIA À SAÚDE (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE) possui elevada prevalência e morbidade. O tratamento clínico consiste em recomendações quanto ao estilo de vida e, essencialmente, no uso de inibidores da bomba protônica (IBP). A aderência (Ad) dos pacientes com DRGE à prescrição, embora fundamental para o sucesso terapêutico, tem sido pouco estudada. Objetivo: Avaliar a Ad ao tratamento com IBP e possíveis variáveis relacionadas em pacientes com DRGE. Métodos: Estudo transversal e prospectivo com 240 pacientes adultos consecutivos com DRGE erosiva e não-erosiva (ne-DRGE) que haviam recebido dose padrão ou dose dobrada de omeprazol em uso contínuo. Todos os pacientes foram classificados conforme o grau, segundo os achados da endoscopia digestiva alta (EDA) em ne-DRGE (162; 67,5%), classificação endoscópica de Los Angeles (LA) A (48; 20,0%), LA B (21; 8,6%), LA C (1; 0,4%), LA D (1; 0,4%) e Barrett (7; 2,9%). Foi aplicado o questionário de Morisky et al constituído de 4 questões com respostas dicotômicas para avaliar a Ad, classificando-a como baixa (0-2 pontos) e alta ad (3-4 pontos). Foi também aplicado o questionário QS-DRGE para a avaliação dos sintomas, com 10 questões com escores de 0 a 50, conforme a frequência menor ou maior dos sintomas. Os resultados de Ad foram relacionados com os dados sócio-demográficos, polifarmácia (PF) (uso de mais de cinco medicamentos diariamente), comorbidades (CM), tempo de tratamento (TT), escore QS-DRGE, presença de sintomas descrita em prontuário, achados da EDA e conhecimento do paciente sobre a doença. Resultados: (Continua)(Continuação) (1) 126 pacientes (52,5%) apresentaram alta Ad e 114 (47,5%) baixa Ad; (2) Os pacientes mais jovens (p = 0,002) foram menos aderentes; (3) Pacientes sintomáticos de acordo com relato em prontuário apresentaram maior percentual de baixa Ad e 2 vezes maior probabilidade de ter baixa Ad em relação aos assintomáticos (p = 0,02); (4) Os pacientes casados apresentam probabilidade 2,41 vezes maior de ter baixa Ad do que os viúvos. (5) As demais variáveis estudadas não influenciaram a Ad ao tratamento. Conclusões: Pacientes em uso de IBP em tratamento ambulatorial em hospital terciário em São Paulo apresentaram grande percentual de baixa Ad ao tratamento, sendo esta uma possível causa da falha da terapia com IBP. Idade < 60 anos e estado civil casado podem ser fatores de risco para a baixa Ad
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PAZ, Karine Dal; MORAES FILHO, Joaquim Prado Pinto de. Aderência ao tratamento com inibidores da bomba protônica em pacientes com doença do refluxo gastroesofágico. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5147/tde-22092010-110454/ >.
    • APA

      Paz, K. D., & Moraes Filho, J. P. P. de. (2010). Aderência ao tratamento com inibidores da bomba protônica em pacientes com doença do refluxo gastroesofágico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5147/tde-22092010-110454/
    • NLM

      Paz KD, Moraes Filho JPP de. Aderência ao tratamento com inibidores da bomba protônica em pacientes com doença do refluxo gastroesofágico [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5147/tde-22092010-110454/
    • Vancouver

      Paz KD, Moraes Filho JPP de. Aderência ao tratamento com inibidores da bomba protônica em pacientes com doença do refluxo gastroesofágico [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5147/tde-22092010-110454/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021