Exportar registro bibliográfico

Bruxismo do sono: estudo polissonográfico na avaliação da eficácia de placas intra-orais (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: POMPONIO, FERNANDA BRUNO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPT
  • Subjects: BRUXISMO; DOR FACIAL; SONO (MONITORAMENTO); PLACAS OCLUSAIS
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A atividade muscular mastigatória rítmica (AMMR) é classificada como distúrbio de movimento estereotipado, caracterizada pelo ranger ou o apertar dos dentes durante o sono, também denominada bruxismo do sono (BS). A prática clínica sugere que o bruxismo seja um fator de risco para a dor orofacial e o cansaço muscular. Não existe tratamento definitivo para ele, mas sim medidas preventivas para evitar suas complicações, (dor orofacial, desgaste dental, zumbido, entre outras). Dispositivos intraorais são comumente utilizados no controle do bruxismo. Objetivos: O objetivo deste estudo foi avaliar a modulação do bruxismo do sono e da dor muscular mastigatória após 45 dias de uso de placas intraorais. Pacientes: 21 pacientes que relatavam sons de ranger de dentes durante o sono e também apresentavam dor muscular mastigatória; foram tratados com dispositivos intraorais (placa oclusal e não-oclusal) e divididos em 3 grupos: Grupo 1 (n=7) placa oclusal, Grupo 2 (n=7) placa não-oclusal e Grupo 3 (n=7) pacientes aguardando tratamento (grupo controle). Materiais e métodos: todos os pacientes foram submetidos à avaliação sistemática que constou de: 1-protocolo EDOF-HC; 2-Escala Visual Analógica; 3-RDC/TMD; 4-questionário específico do bruxismo do sono e 5- ortopantografia) e quatro noites de polissonografia (PSG), (noite de habituação, noite de diagnóstico, após 7dias e após 45 dias da utilização de dispositivos orais). ANOVA e o Teste Exato de Fischer foram usados para (Continua)(Continuação) análise estatística. Resultados: Após 45 dias de avaliação houve redução da dor dos pacientes que utilizaram placa oclusal e não oclusal (Grupo 1 p=0,001, Grupo 2 p=0,001) quando comparada à noite inicial, entretanto, todos os pacientes do Grupo 3 continuaram com dor orofacial e cansaço muscular. Com exceção do tempo de estágio do sono REM, não houve diferenças estatísticas significantes nas variáveis do sono obtidas pela avaliação das PSG de todos os pacientes. O número de AMMR aumentou no Grupo1 (p=0,002), comparado ao Grupo 3 (p=0,900), entre a avaliação inicial e após 45 dias. Conclusão: A dor muscular mastigtatória foi reduzida nos grupos que utilizaram as placa oclusal e nãooclusal quando comparados àqueles que não a utilizaram, após 45 dias. Foi observado um aumento estatisticamente significante no número de atividade muscular mastigatória rítmica nas polissonografias dos pacientes que utilizaram placa oclusal. O mecanismo que sugere esse aumento é a redução da dor muscular mastigatória
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      POMPONIO, Fernanda Bruno; SIQUEIRA, José Tadeu Tesseroli de. Bruxismo do sono: estudo polissonográfico na avaliação da eficácia de placas intra-orais. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-20092010-114919/ >.
    • APA

      Pomponio, F. B., & Siqueira, J. T. T. de. (2010). Bruxismo do sono: estudo polissonográfico na avaliação da eficácia de placas intra-orais. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-20092010-114919/
    • NLM

      Pomponio FB, Siqueira JTT de. Bruxismo do sono: estudo polissonográfico na avaliação da eficácia de placas intra-orais [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-20092010-114919/
    • Vancouver

      Pomponio FB, Siqueira JTT de. Bruxismo do sono: estudo polissonográfico na avaliação da eficácia de placas intra-orais [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-20092010-114919/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021