Exportar registro bibliográfico

Campo psiquiátrico e campo religioso: entre diálogos e tensões (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: ASSUNÇÃO, LUIZA MARIA DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FSL
  • Subjects: CIÊNCIA; RELIGIÃO (SOCIOLOGIA); PSIQUIATRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Nesta tese buscou-se analisar uma possível relação entre ciência e religião, mediante o diálogo entre psiquiatria e assistência religiosa hospitalar. Por intermédio dos porta-vozes desses dois domínios (psiquiatras e ministros religiosos), tentou-se captar em que moldes acontece o diálogo entre as duas especialidades, as quais, por meio de alguns de seus profissionais, têm buscado uma aproximação. A hipótese da qual se partiu é a de que, ao estabelecerem pontes de contato, os campos psiquiátrico e religioso tornam-se vulneráveis, podendo assim colocar em risco o seu desenvolvimento e a sua legalidade enquanto áreas de atuação autônomas. Para fazer a apreciação desse pressuposto, tomou-se como centro de análise os especialistas da saúde mental e os especialistas da religião que atuam junto ao Instituto de Psiquiatria (IPQ) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). O universo empírico, analisado em moldes qualitativos, é composto por 27 (vinte e sete) psiquiatras, 11 (onze) enfermeiros, 13 (treze) voluntários religiosos, 3 (três) ministros religiosos e 17 (dezessete) pacientes. A relação entre esses sujeitos foi pensada mediante a proposta bourdieusiana que trata do conflito entre campos sociais e do conflito interno a um determinado campo. Sob essa perspectiva foram conduzidas as reflexões e análises no presente trabalho. A partir da sistematização e do manuseio dos relatos dos informantes, constatou-se três formas de posicionamento no campopsiquiátrico e duas no campo religioso. No primeiro campo, elas se dividem em: mono-posicionado (psiquiatra puro), bi-posicionado (psiquiatra espiritualista), psiquiatra neutro/ambíguo. Já em relação ao campo religioso, as formas de posicionamento resumem-se a, de um lado, religiosos racionalizados e, de outro lado, religiosos magicizados. Foi em função desses lugares ocupados nos dois campos que se realizaram as análises e que se verificaram os tipos de relações que são colocados em prática entre os dois campos e no interior de cada um deles. A postura preponderante foi de demarcação do território e ao mesmo tempo de sua flexibilização postura essa principalmente levada a cabo pelos psiquiatras neutros/ambíguos e responsável por um processo de retradução no campo psiquiátrico que, da mesma forma que favorece o diálogo, impede a invasão e a respectiva perda de autonomia. Tomando como base essa constatação foi possível notar que, em oposição à hipótese levantada inicialmente, o campo psiquiátrico, no contato com o campo religioso, não perde sua autonomia. Ao contrário, realiza uma acomodação que reforça mais ainda o seu espaço de atuação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ASSUNÇÃO, Luiza Maria de; NEGRÃO, Lísias Nogueira. Campo psiquiátrico e campo religioso: entre diálogos e tensões. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09092010-114112/ >.
    • APA

      Assunção, L. M. de, & Negrão, L. N. (2010). Campo psiquiátrico e campo religioso: entre diálogos e tensões. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09092010-114112/
    • NLM

      Assunção LM de, Negrão LN. Campo psiquiátrico e campo religioso: entre diálogos e tensões [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09092010-114112/
    • Vancouver

      Assunção LM de, Negrão LN. Campo psiquiátrico e campo religioso: entre diálogos e tensões [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-09092010-114112/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021