Exportar registro bibliográfico

A oximetria de pulso como recurso na determinação da vitalidade pulpar em pacientes submetidos à radioterapia para tumores malignos intraorais e de orofaringe (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: KATAOKA, SIMONY HIDEE HAMOY - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODD
  • Subjects: TUMORES ODONTOGÊNICOS; RADIAÇÃO IONIZANTE; NEOPLASIAS BUCAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a taxa de oxigenação (%SpO2) do tecido pulpar em pacientes com tumores malignos intraoral e de orofaringe, tratados através de radioterapia (RT). As mensurações da %SpO2 foram realizadas com o oxímetro de pulso (OP), o qual gera valores relativos à quantidade de oxigênio viável circulante no tecido pulpar, o que o caracteriza como um método fisiométrico de avaliação do status da polpa dental. Foram selecionados 20 pacientes, sendo avaliados dois dentes de cada um (n=40), independente do quadrante e da área de irradiação, em quatro tempos distintos: I- antes da RT; II- no início da RT com dose de radiação entre (30Gy 35Gy); III- ao final da RT (60Gy 70Gy) e IV- depois de 4 5 meses do início do tratamento oncológico. As médias obtidas nos quatro tempos avaliados foram de 93%, 83%, 77% e 85% de SpO2, respectivamente. Através do teste t de Student (p0.01) foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre o Tempo I e todos os outros três tempos, o Tempo III também mostrou diferença quando comparado ao Tempo II e, não houve diferença estatística entre os Tempos II e IV. É possível concluir que as taxas de %SpO2 antes da RT são maiores do que aquelas obtidas trans e pós RT e, como os valores no Tempo IV ficam próximos aos obtidos no Tempo II, pode haver uma recondutibilidade sanguínea normal posterior a radiação ionizante
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.07.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KATAOKA, Simony Hidee Hamoy; CALDEIRA, Celso Luiz. A oximetria de pulso como recurso na determinação da vitalidade pulpar em pacientes submetidos à radioterapia para tumores malignos intraorais e de orofaringe. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-18082010-121032/ >.
    • APA

      Kataoka, S. H. H., & Caldeira, C. L. (2010). A oximetria de pulso como recurso na determinação da vitalidade pulpar em pacientes submetidos à radioterapia para tumores malignos intraorais e de orofaringe. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-18082010-121032/
    • NLM

      Kataoka SHH, Caldeira CL. A oximetria de pulso como recurso na determinação da vitalidade pulpar em pacientes submetidos à radioterapia para tumores malignos intraorais e de orofaringe [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-18082010-121032/
    • Vancouver

      Kataoka SHH, Caldeira CL. A oximetria de pulso como recurso na determinação da vitalidade pulpar em pacientes submetidos à radioterapia para tumores malignos intraorais e de orofaringe [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23145/tde-18082010-121032/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021