Exportar registro bibliográfico

Avaliação do controle postural e dos aspectos biomecanicos em mulheres pós-menopausas (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated author: COSTA, GUSTAVO DE CARVALHO DA - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: MENOPAUSA; EQUILÍBRIO; DOENÇAS DA COLUNA VERTEBRAL; POSTURA (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Estudos mostraram que mulheres na pós-menopausa apresentam diminuições na força muscular e amplitude de movimento, alterações posturais e déficits de equilíbrio. Entretanto, há uma carência de estudos na literatura que avaliaram dados biomecanicos e de controle postural em mulheres nos primeiros anos após a menopausa. O objetivo do estudo foi avaliar a influência de variaveis biomecanicas como força muscular, amplitude de movimento, alinhamento postural sobre o equilíbrio estático e o teste de levantar e sentar em mulheres com até 5 anos após a menopausa. O estudo foi dividido em dois grupos: Grupo 1 (n=34), que incluiu mulheres no período da pós-menopausa com média de idade de 53,09 ‘ OU –‘ 3,94 anos, peso de 70,72 ‘+ OU –‘12,63 kg e altura de 157 ‘+ OU –‘0,07 cm e um grupo controle (Grupo 2, n=23) que incluiu mulheres na menacme, com média de idade de 23,04 ‘+ OU –‘ 2,87 anos, peso de 55,73 ‘+ OU –‘ 6,96 kg e altura de 163 ‘+ OU –‘ 0,05 em. Foram avaliados o equilíbrio estático e a atividade dinâmica (por meio do teste de levantar e sentar 5 vezes) usando o sistema Polhemus; o grau de cifose torácica pelo método flexicurva; a amplitude de movimento dos membros inferiores por meio da goniometria; a força muscular dos membros inferiores utilizando o conceito de 1 repetição máxima e o grau de perda de massa muscular (sarcopenia) através do cálculo do índice muscular esquelético (apenas no grupo1). No equilíbrio estático foi avaliado o deslocamento máximo antero-posterior do tronco em 4 diferentes condições nos grupos 1 e 2 (plataforma fixa com olhos abertos 1,29 ‘+ OU –‘ 0,51cm x 1,42 ‘+ OU –‘ 0,42cm e fechados 1,40 ‘+ OU –‘ 0,49cm x 1,57 ‘+ OU –‘ 0,42cm, e plataforma instável com olhos abertos 1,77 ‘+ OU –‘ 0,46cm x 2,09 ‘+ OU –‘ 0,88cm e fechados 2,28 ‘+ OU –‘ 0,56cm x 2,45 ‘+ OU –‘ 0,79cm),respectivamente. No teste de levantar e sentar foi avaliado o tempo total gasto pelas voluntárias para realizá-lo (10,76 ‘+ OU –‘ 1,41 segundos x 9,22 ‘+ OU –‘ 0,89 segundos), além do deslocamento máximo antero-posterior de tronco ao levantar (subida 9,96 ‘+ OU –‘ 3,88cm x 10,21 ‘+ OU –‘ 6,91cm) e sentar (descida 10,24 ‘+ OU –‘ 3,61cm x 10,71 ‘+ OU –‘ 6,67cm) nos grupos 1 e 2, respectivamente. Os resultados mostraram que houve diferença significativa (p<0,01) entre os grupos apenas no tempo utilizado para levantar e sentar da cadeira. Os dados referentes ao grau de cifose torácica mostraram que o grupo 1 apresentou valores significativamente maiores comparado ao grupo 2 (43,76 ‘+ OU –‘ 11,04° x 31,72 ‘+ OU –‘ 10,89°, p<0,01). Houve diferença significativa na amplitude de movimento do membro inferior direito entre os grupos (p<0,01), exceto na dorsiflexão do tornozelo. Observou-se também uma diferença significativa (p<0,01) entre os grupos 1 e 2 ao comparar tanto a força muscular de extensores (9,32 ‘+ OU –‘ 4,24 x 11,83 ‘+ OU –‘ 3,98) quanto de flexores do joelho (6,38 ‘+ OU –‘ 2,20 x 8,56 ‘+ OU –‘ 2,19). O valor do indico muscular esquelético no grupo pós-menopausa foi 6,74 ‘+ OU –‘ 0,65 Kg/m2 (sarcopenia moderada). Conclui-se que as mulheres com até 5 anos após a menopausa já apresentam alterações dos aspectos biomecanicas e menor tempo para realizar o teste de levantar e sentar, comparadas ao grupo controle, o que nos alerta para a necessidade de intervenções precoces, as quais, possivelmente repercutirão positivamente na qualidade de vida destas mulheres com o avançar da idade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.04.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Gustavo de Carvalho da; ABREU, Daniela Cristina Carvalho de. Avaliação do controle postural e dos aspectos biomecanicos em mulheres pós-menopausas. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Costa, G. de C. da, & Abreu, D. C. C. de. (2010). Avaliação do controle postural e dos aspectos biomecanicos em mulheres pós-menopausas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Costa G de C da, Abreu DCC de. Avaliação do controle postural e dos aspectos biomecanicos em mulheres pós-menopausas. 2010 ;
    • Vancouver

      Costa G de C da, Abreu DCC de. Avaliação do controle postural e dos aspectos biomecanicos em mulheres pós-menopausas. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022