Exportar registro bibliográfico

Inovação e externalização: uma análise de capabilities na indústria farmacêutica (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: ANDRADE, CAROLINA ALMEIDA DE ARAUJO DE - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PRO
  • Subjects: INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS; ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL; PESQUISA; MANUFATURA; INDÚSTRIA FARMACÊUTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese de doutorado trata de como processos inovativos podem ser viabilizados e estimulados a partir da externalização de capabilities antes realizadas internamente à empresa. Para atingir o objetivo proposto foi escolhido o setor farmacêutico, cujo processo inovativo é constante e permeia, em diferentes graus, todas as etapas da cadeia, além da organização da sua cadeia ser propícia à desverticalização. A unidade de análise utilizada é a capability, neste caso as atividades relacionadas a pesquisa e desenvolvimento e manufatura. A partir da consulta de uma base de dados estrangeira, foi selecionado um conjunto de artigos técnicos que incluiu o tema e o setor alvo da tese. A sistematização dos dados permitiu identificar o tipo de atividade externalizada, a situação em que isso ocorria, suas principais motivações e resultados, bem como os detalhes das empresas envolvidas. A análise da externalização de atividades de pesquisa mostra quatro formas de aceleração da inovação: (1) aquela alcançada a partir do acesso a tecnologias que não seriam acessíveis de outra maneira, acelerando a fase clínica do desenvolvimento; (2) a que agrega etapas permitindo acelerar a fase clínica do desenvolvimento; (3) a da etapa de formulação que possibilitou acelerar o estágio de desenvolvimento, e (4) a relacionada a estágios da química de descoberta permitindo acelerar a própria fase, além da conseguinte. A análise da externalização de atividades de manufatura mostra um movimento de inclusão de etapas a jusante da cadeia, no caso aquelas de desenvolvimento, constantes nos dados analisados beneficia a manufatura além do produto final, mas também em termos de inovação de processo. A aceleração da inovação ocorre principalmente por possibilitar ter o produto mais rápido para ser lançado ao mercado.Os dados são convergentes com o argumento central de que ao permitir acesso a capabilities fora das fronteiras da firma, o outsourcing é ferramenta que viabiliza a inovação. A conclusão é de que as decisões tomadas não seguem uma norma pré-determinada, uma prescrição. Não há mais o referencial seguro da integração vertical, nem de uma best practice. Cada empresa deve decidir, a partir de parâmetros que ela mesma pode determinar, a melhor forma de resolver os desafios competitivos que lhe são propostos de maneira irrecusável e incontornável.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.04.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANDRADE, Carolina Almeida Araujo de; FURTADO, João Eduardo de Morais Pinto. Inovação e externalização: uma análise de capabilities na indústria farmacêutica. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-17082010-112747/ >.
    • APA

      Andrade, C. A. A. de, & Furtado, J. E. de M. P. (2010). Inovação e externalização: uma análise de capabilities na indústria farmacêutica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-17082010-112747/
    • NLM

      Andrade CAA de, Furtado JE de MP. Inovação e externalização: uma análise de capabilities na indústria farmacêutica [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-17082010-112747/
    • Vancouver

      Andrade CAA de, Furtado JE de MP. Inovação e externalização: uma análise de capabilities na indústria farmacêutica [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-17082010-112747/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021