Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de uma metodologia de fabricação de transistores de filmes finos orgânicos (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAVALLARI, MARCO ROBERTO - EP
  • Unidades: EP
  • Sigla do Departamento: PSI
  • Subjects: SEMICONDUTORES; TRANSISTORES; CÉLULAS SOLARES; PROCESSOS DE FABRICAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho, é apresentada uma metodologia de fabricação de transistores de filmes finos orgânicos. Foram fabricadas células solares de heterojunção de poli(3-hexiltiofeno) (P3HT) e [6,6]-fenil-C61-butirato de metila (PCBM) por apresentarem máxima conversão de potência (PCE) de cerca 5%. Partindo de rendimentos de 10⁻⁶ até atingir 1,7%, são mostradas as dificuldades no processamento de filmes orgânicos e na caracterização destes dispositivos. Destacam-se dentre outros, a importância da geometria dos eletrodos, da preparação da solução de blendas orgânicas e dos cuidados na utilização de substratos flexíveis (e.g. polietileno tereftalato - PET). A estrutura empregada é composta por vidro, óxido de índio dopado com estanho (ITO), poli(3,4-etilenodioxitiofeno) complexado com poli(ácido estireno-sulfônico) (PEDOT:PSS), P3HT:PCBM, fluoreto de lítio (LiF) e alumínio. PET coberto por In₂O₃/Au/Ag em substituição ao vidro-ITO é utilizado devido à busca da indústria eletrônica por materiais alternativos de baixo custo. Estrutura semelhante é empregada para caracterização da mobilidade dos portadores de carga em filmes orgânicos. Técnicas tais como Time of Flight (ToF), Charge Extraction in Linearly Increasing Voltage (CELIV), além da interpretação de curvas estacionárias de densidade de corrente por tensão (JxV) foram empregadas para estudo de derivados de poli(para-fenileno vinileno) (PPV). Foram obtidas mobilidades de 10⁻⁸ - 10⁻⁶ cm²/Vs para modelos de corrente limitada por carga espacial (SCLC) com armadilhas rasas e profundas. Mobilidades de efeito de campo caracterizadas em TFTs bottom gate bottom contact com porta comum são pelo menos duas ordens de grandeza superiores às obtidas através das técnicas anteriormente citadas.Foram utilizados diversos substratos (e.g. silício monocristalino e vidro-ITO), isolantes (e.g. oxinitreto de silício (SiOxNy) por PECVD e SiO₂ térmico), tratamentos de superfície (e.g. vapor de hexametildissilazana - HMDS), semicondutores (derivados de PPV, P3HT, pentaceno) e eletrodos (e.g. camada de aderência de titânio). Definiu-se assim uma metodologia de seleção de novos semicondutores orgânicos para a indústria eletrônica.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.02.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAVALLARI, Marco Roberto; FONSECA, Fernando Josepetti. Desenvolvimento de uma metodologia de fabricação de transistores de filmes finos orgânicos. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-03112010-120818/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Cavallari, M. R., & Fonseca, F. J. (2010). Desenvolvimento de uma metodologia de fabricação de transistores de filmes finos orgânicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-03112010-120818/?&lang=pt-br
    • NLM

      Cavallari MR, Fonseca FJ. Desenvolvimento de uma metodologia de fabricação de transistores de filmes finos orgânicos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-03112010-120818/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Cavallari MR, Fonseca FJ. Desenvolvimento de uma metodologia de fabricação de transistores de filmes finos orgânicos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3140/tde-03112010-120818/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020