Exportar registro bibliográfico

Análise da ultra-estrutura do tecido paratireóideo humano em solução para preservação de tecidos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: BARREIRA, CARLOS EDUARDO SANTA RITTA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: CRIOPRESERVAÇÃO; GLANDULAS PARATIREOIDES; CONSERVAÇÃO BIOLÓGICA; PRESERVAÇÃO DE TECIDO; PARATIREOIDECTOMIA; MICROSCOPIA ELETRÔNICA
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A criopreservação de tecido paratireóideo é empregada no tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo secundário nos pacientes com doença renal crônica. Entre a captação do tecido e a criopreservação, realizada em laboratório especializado, o tecido é preservado em solução para cultura de células a 4°C (solução para transporte). Não há dados que demonstrem por quanto tempo o tecido paratireóideo humano pode permanecer viável nesta solução, antes de ser criopreservado. Este estudo objetiva avaliar o período de tempo que o tecido da glândula paratireóide hiperplásica de humanos pode permanecer na solução para transporte, sem apresentar danos ultra-estruturais. MÉTODOS: Estudo prospectivo que incluiu 11 pacientes submetidos a paratireoidectomia total com autoimplante heterotópico e criopreservação de fragmentos de tecido paratireóideo. Parte do tecido destinado para exame anatomopatológico foi selecionado para preservação em solução para transporte. Foram definidos 5 períodos relacionados ao tempo de permanência dos fragmentos de paratireóide na solução para transporte. No tempo 1, o material foi fixado a fresco, sem contato com a solução para transporte, este tempo serviu para controle. No tempo 2, os fragmentos de tecido permaneceram imersos na solução para transporte por 2 horas, no tempo 3, este período foi de 6 horas, e os tempos 4 e 5, corresponderam a preservação dos fragmento de paratireóide na solução para transporte por 12 e 24 horas respectivamente. Ao final de cada período os fragmentos foram removidos da solução de transporte e fixados com glutaraldeído a 2%, seguido por preparo do material para cortes ultrafinos. A análise por microscopia eletrônica avaliou a adesão celular e a integridade das membranas plasmáticas, dos núcleos e das mitocôndrias, além da presença de edema celular e de vacúolos. RESULTADOS: Dos 11 casos estudados, 10apresentaram achados ultraestruturais compatíveis com a normalidade nos fragmentos de tecido que permaneceram na solução para transporte por até 12 horas. Em apenas um destes casos, houve preservação das características morfológicas do tecido por 24 horas, na solução para transporte. Em um caso os achados caracterizaram sinais de dano celular irreversível em todos os períodos, inclusive no tempo inicial, em que o tecido foi fixado a fresco, sem contato com a solução para transporte. As alterações das mitocôndrias representaram os danos ultra-estruturais mais constantes nos casos estudados. CONCLUSÃO: A análise da ultra-estrutura do tecido da glândula paratireoide hiperplásica de humanos permite concluir que ocorre manutenção adequada da integridade estrutural do tecido que permanece na solução com meio de cultura de células a 4°C.até cerca de 12 horas após sua retirada do organismo, na maioria dos casos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.04.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARREIRA, Carlos Eduardo Santa Ritta; MONTENEGRO, Fábio Luiz de Menezes. Análise da ultra-estrutura do tecido paratireóideo humano em solução para preservação de tecidos. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28052010-115506/ >.
    • APA

      Barreira, C. E. S. R., & Montenegro, F. L. de M. (2010). Análise da ultra-estrutura do tecido paratireóideo humano em solução para preservação de tecidos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28052010-115506/
    • NLM

      Barreira CESR, Montenegro FL de M. Análise da ultra-estrutura do tecido paratireóideo humano em solução para preservação de tecidos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28052010-115506/
    • Vancouver

      Barreira CESR, Montenegro FL de M. Análise da ultra-estrutura do tecido paratireóideo humano em solução para preservação de tecidos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28052010-115506/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020