Exportar registro bibliográfico

Estudo da variação das medidas ortodônticas e da função respiratória nasal por rinometria acústica e rinomanometria em pacientes submetidos à expansão palatina cirurgicamente assistida (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: ZAMBON, CAMILA EDUARDA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOF
  • Subjects: TÉCNICA DE EXPANSÃO PALATINA; PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS OPERATÓRIOS; MAXILA; TESTES DE FUNÇÃO RESPIRATÓRIA; RESPIRAÇÃO NASAL
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A atresia transversa da maxila é a discrepância volumétrica existente entre a maxila e a mandíbula no plano transversal que, além de alterações dento-esqueléticas, gera mudanças craniofaciais importantes, como o estreitamento das cavidades nasais, a diminuição da permeabilidade nasal e a respiração bucal. A expansão palatina cirurgicamente assistida (EPCA) é a técnica cirúrgica indicada para a correção da atresia maxilar em pacientes adultos, com o crescimento ósseo finalizado. A rinometria acústica é uma técnica objetiva de estudo da respiração nasal, com a qual se avalia a geometria e o volume nasal. Já a rinomanometria trata-se de um método aerodinâmico que quantifica a pressão transnasal e a resistência ao fluxo aéreo. Objetivos: O objetivo deste estudo foi avaliar subjetiva e objetivamente a função respiratória nasal, em pacientes com atresia maxilar, submetidos à EPCA e determinar o tipo de correlação existente entre as medidas ortodônticas e as alterações de área, volume, resistência, e fluxo aéreo nasal. Casuística e Métodos: Para a realização do estudo foram avaliados 27 pacientes adultos, por meio da rinometria acústica, rinomanometria, medidas ortodônticas (perímetro e comprimento do arco maxilar, distância transversa entre caninos, prés-molares e molares superiores) em modelos de estudos e escala visual analógica da função respiratória apenas nasal, no pré-operatório, após a ativação do expansor maxilar do tipo Hyrax, instalado previamente à cirurgia, e após quatro meses da EPCA, realizada sob anestesia geral. Os exames otorrinolaringológicos foram realizados em sala ambientalizada, com e sem o uso de vasoconstritor nasal, em ambas as cavidades nasais. Resultados: Os resultados demonstraram que 59,3% da casuística era do gênero feminino, com idade média de 25,33 anos. Todas as medidas ortodônticas obtiveram um aumento estatisticamentesignificante (psignificante (p<0,001), que mantiveram-se ao longo da tempo (p<0,001). Todas as medidas avaliadas apresentaram melhores resultados com o uso de vasoconstritor nasal. A área da cavidade nasal como um todo aumentou após a cirurgia (p<0,036). O volume médio é 2,75 maior com o uso de vasoconstritor (p < 0,001), porém não houve alterações estatisticamente significantes entre os momentos avaliados. Os fluxos expiratórios e inspiratórios aumentaram ao longo do tempo (p<0,001, para ambos). A pressão expiratória diminui no decorrer dos momentos xlvii avaliados (p<0,004). A análise subjetiva da sensação respiratória apenas pelo nariz aumentou significantemente de um momento para o outro (p<0,05). Houve correlação estatística entre perímetro do arco aumentado e resistência aérea diminuída (p=0,004) e entre o aumento de uma medida transversa com o aumento do fluxo inspiratório e expiratório, sem o uso de vasoconstritor (p=0,023 e p=0,004 respectivamente). Apenas o fluxo respiratório apresentou comportamento diferente entre os lados. Conclusões: Assim, conclui-se que o procedimento cirúrgico de EPCA promove alterações importantes nas cavidades oral e nasais que, associadas, geram melhor qualidade respiratória ao paciente e demonstram a relevância clínica otorrinolaringológica de tal procedimento cirúrgico bucomaxilofacial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZAMBON, Camila Eduarda; VOEGELS, Richard Louis. Estudo da variação das medidas ortodônticas e da função respiratória nasal por rinometria acústica e rinomanometria em pacientes submetidos à expansão palatina cirurgicamente assistida. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-27052010-160219/ >.
    • APA

      Zambon, C. E., & Voegels, R. L. (2010). Estudo da variação das medidas ortodônticas e da função respiratória nasal por rinometria acústica e rinomanometria em pacientes submetidos à expansão palatina cirurgicamente assistida. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-27052010-160219/
    • NLM

      Zambon CE, Voegels RL. Estudo da variação das medidas ortodônticas e da função respiratória nasal por rinometria acústica e rinomanometria em pacientes submetidos à expansão palatina cirurgicamente assistida [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-27052010-160219/
    • Vancouver

      Zambon CE, Voegels RL. Estudo da variação das medidas ortodônticas e da função respiratória nasal por rinometria acústica e rinomanometria em pacientes submetidos à expansão palatina cirurgicamente assistida [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-27052010-160219/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021