Exportar registro bibliográfico

Cognição e exercício físico em idosos de um município paulista (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: JANONI, SANDRA APARECIDA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: COGNIÇÃO; SAÚDE DO IDOSO; EXERCÍCIO FÍSICO
  • Keywords: características dos idosos; cognição; cognition; elderly characteristics; elderly health; physical exercises
  • Language: Português
  • Abstract: O envelhecimento populacional é, hoje, fenômeno mundial consequente a um crescimento mais elevado da população idosa com relação aos demais grupos etários. O declínio da habilidade física e mental frequentemente associado ao envelhecimento tem implicações sociais, econômicas e com a saúde pública. O presente estudo realizado com idosos residentes no município de Batatais-SP, objetivou estudar algumas características dos idosos, a prática de exercício físico e a cognição. Pesquisou-se 400 idosos de ambos os sexos, com idade igual ou superior a 60 anos, utilizando-se um questionário estruturado; o Questionário de Atividade Física internacional (IPAQ)-versão curta e para a avaliação cognitiva o mini-exame do estado mental (MEEM). Os dados receberam tratamento estatístico para observações de associações de variáveis através de regressão logística utilizando o procedimento PROC SURVEYLOGISTIC do programa SAS versão 9. Os resultados mostraram que 161 (40,2%) eram do sexo masculino e 239 (59,8%) do feminino. A idade média encontrada foi de 72 anos (DP= 8,3). A maioria, 62,7% dos idosos possuía baixa escolaridade com até 4 anos de estudo. Dos idosos 224(56%) morava com companheiros, sendo maior este percentual entre os homens (72,7%). Entre os que moravam com parentes verificou-se uma associação com déficit cognitivo (OR = 2,13 [1,27; 3,58]). Eram sedentários 86,7% dos idosos, sendo que as mulheres (15,5%) praticavam mais exercícios do que os homens (9,9%).Apenas 4,7% dosidosos foram classificados como ativos e 8,5% como irregularmente ativos. O uso de medicamentos foi mais frequente entre as mulheres (89,2%). Dos idosos 40,5% de ambos os sexos não faziam nenhuma atividade intelectual. As mulheres tiveram maior participação nas atividades em grupo (58,7%). Nas atividades individuais 86,7% dos idosos realizavam de 1 a 2 atividades. A maior frequência de ) déficit cognitivo foi encontrada nas mulheres (45,6 % ) (OR = 1,64 [1,10; 2,45]) e nos idosos com idade de 80 anos e mais 61,9% (OR = 3,26 [1,92; 5,51]). Os resultados indicam a importância da adoção de um estilo de vida saudável, com prática de exercício físico e em outras atividades de integração, que podem melhorar a qualidade de vida promovendo a autonomia dos idosos para a realização das atividades do cotidiano
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.03.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JANONI, Sandra Aparecida; MANÇO, Amábile Rodrigues Xavier. Cognição e exercício físico em idosos de um município paulista. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-26082013-105913/ >.
    • APA

      Janoni, S. A., & Manço, A. R. X. (2010). Cognição e exercício físico em idosos de um município paulista. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-26082013-105913/
    • NLM

      Janoni SA, Manço ARX. Cognição e exercício físico em idosos de um município paulista [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-26082013-105913/
    • Vancouver

      Janoni SA, Manço ARX. Cognição e exercício físico em idosos de um município paulista [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17139/tde-26082013-105913/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021