Exportar registro bibliográfico

Prevalência e fatores associados de incontinência urinária autorreferida no pós-parto (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: LOPES, DANIELA BIGUETTI MARTINS - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: ENFERMAGEM OBSTÉTRICA; INCONTINÊNCIA URINÁRIA; SAÚDE DA MULHER
  • Language: Português
  • Abstract: A incontinência urinária (IU) é definida como toda perda involuntária de urina, sendo um problema social e de higiene. No Brasil, é incipiente a produção bibliográfica sobre incontinência urinária no pós-parto. Trata-se de uma morbidade pouco explorada pelo profissional de saúde, o que dificulta a identificação da mulher que apresenta a intercorrência. O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de incontinência urinária autorreferida no pós-parto e relacionar os fatores associados. Trata-se de um estudo epidemiológico, transversal sobre os fatores relacionados à incontinência urinária autorreferida no pós-parto, realizado no Centro de Saúde Escola Samuel Barnsley Pessoa, localizado na região oeste do município de São Paulo. A população foi constituída por 288 mulheres com 30 dias a seis meses de pós-parto, entrevistadas no período de janeiro a agosto de 2009. Os resultados indicaram prevalência de 24,6% de perda involuntária de urina autorreferida no pós-parto. A idade das mulheres variou de 18 a 45 anos. Quanto às características sociodemográficas, apenas a cor da pele apresentou diferença estatística significante (p-valor=0,0043), com maior representatividade em mulheres brancas. Dentre as 71 entrevistadas que referiram IU no pós-parto, a maioria era primípara e se submeteu a parto normal. Não houve diferença estatística significante entre a paridade e o tipo de parto e a ocorrência de IU. O ganho de peso e a ocorrência de infecção urinária durante a gestação, o uso e o tipo de anestesia, o uso de ocitocina, o tempo de trabalho de parto, a situação do períneo e o peso do recém-nascido ao nascer não apresentaram diferença estatística significante com a ocorrência de IU no pós-parto. Quanto às características das perdas, 44 mulheres (62%) referiram incontinência aos esforços, 14 (19,7%) citaram IU de urgência e 13 (18,3%) apontaram IU mista; em 53 mulheres(74,7%) a severidade foi classificada como incontinência moderada. Verificou-se que para 20 mulheres (28,2%) a morbidade interferia nas atividades diárias; enquanto que 10 (14,1%) comunicaram a intercorrência ao profissional de saúde; e 96,2% (277 em 288) não receberam qualquer orientação sobre o preparo do períneo, fator apontado pelas entrevistadas como uma das causas desencadeantes da IU. Os achados deste estudo nos permitem concluir que a ocorrência de incontinência urinária autorreferida no pós-parto associa-se à cor da pele; com predominância de incontinência urinária em primíparas em comparação às não-primíparas. Identificar os fatores associados à incontinência urinária em mulheres no pós-parto e sua prevalência contribui no planejamento de atenção de enfermagem obstétrica à mulher que vivencia o período reprodutivo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, Daniela Biguetti Martins; PRAÇA, Neide de Souza. Prevalência e fatores associados de incontinência urinária autorreferida no pós-parto. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-29042010-110058/ >.
    • APA

      Lopes, D. B. M., & Praça, N. de S. (2010). Prevalência e fatores associados de incontinência urinária autorreferida no pós-parto. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-29042010-110058/
    • NLM

      Lopes DBM, Praça N de S. Prevalência e fatores associados de incontinência urinária autorreferida no pós-parto [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-29042010-110058/
    • Vancouver

      Lopes DBM, Praça N de S. Prevalência e fatores associados de incontinência urinária autorreferida no pós-parto [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-29042010-110058/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021