Exportar registro bibliográfico

Africanidades e educação: ancestralidade, identidade e oralidade no pensamento de Kabengele Munanga (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, JULVAN MOREIRA DE - FE
  • Unidade: FE
  • Sigla do Departamento: EDA
  • Subjects: ANTROPOLOGIA FILOSÓFICA (EDUCAÇÃO); FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO; IDENTIDADE ÉTNICA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi analisar a contribuição do pensamento de Kabengele Munanga para o ideário pedagógico brasileiro, tendo como base epistemológica a arquetipologia do imaginário de Gilbert Durand e sua heurística mitodológica, a qual engloba a mitocrítica e a mitanálise. A pesquisa indicou que o mitema, fio condutor presente em toda obra de Munanga, é o ser, ou seja, é a questão da identidade e o processo de interação dialógica entre o eu e o outro, compreendido como uma relação de responsabilidade, de compromisso interacional e de complementaridade. Essa identidade é marcada pela cor da pele, pela cultura e/ou pela produção cultural do negro, por sua contribuição histórica na sociedade brasileira e na construção da economia do país, bem como pela recuperação de sua história africana, de sua visão do mundo, de sua religião. Somente na relação dialogal da palavra, da oralidade, pode-se reconhecer o eu da pessoa humana como ser existente em sua dimensão interpessoal, já que, ao expressar-se por meio da palavra, a pessoa sai de si, não para perder-se no tu, mas para se re-encontrar, plenificado na mesma palavra. Esta abertura constitui a direção e a orientação no processo de realização da pessoa. Por meio do conhecimento de sua ancestralidade, o a pessoa humana vê-se frente ao problema das representações. Ao decifrar o mundo, o ser humano coloca-se diante de enigmas que são símbolos do mistério. Nessa medida, toda a obra de Munanga está atravessada por um genial imperativo: a recuperação da situação do homem primordial. Dessa perspectiva, a educação centra-se na necessidade de o homem retornar periodicamente ao arquétipo, aos estados puros, aos princípios, tendo como mediadores os símbolos, as imagens, as narrativas de sua ancestralidade. Por conseguinte, a educação é vista como mediadora do universo, não apenas na dimensão intelectual, mas também eobjetivamente, na relação de responsabilidade recíproca, capaz de salvaguardar, não apenas as individualidades enquanto sustentáculos da relação, mas também a realização da própria realidade vital como relação. A obra de Munanga abre um caminho muito interessante e pertinente, sobretudo pelo seu caráter complementário, hermesiano, ou seja, de mediação entre o plano explicativo e o compreensivo, processo este que se expressa no desenvolvimento de sua obra, o que permite entender a contribuição das africanidades para a cultura brasileira, tal como vem sendo abordada por vários pesquisadores, africanidades estas que têm em Munanga um de seus principais porta-vozes, com inúmeras contribuições relevantes para a educação brasileira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.03.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Julvan Moreira de; TEIXEIRA, Maria Cecilia Sanchez. Africanidades e educação: ancestralidade, identidade e oralidade no pensamento de Kabengele Munanga. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20042010-153811/ >.
    • APA

      Oliveira, J. M. de, & Teixeira, M. C. S. (2010). Africanidades e educação: ancestralidade, identidade e oralidade no pensamento de Kabengele Munanga. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20042010-153811/
    • NLM

      Oliveira JM de, Teixeira MCS. Africanidades e educação: ancestralidade, identidade e oralidade no pensamento de Kabengele Munanga [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20042010-153811/
    • Vancouver

      Oliveira JM de, Teixeira MCS. Africanidades e educação: ancestralidade, identidade e oralidade no pensamento de Kabengele Munanga [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-20042010-153811/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020