Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência à fratura de prótese parcial fixa provisória confeccionada sobre componentes do tipo UCLA em titânio: efeito de diversos reforços (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUEZ ALMONTE, THANIA GRISEL - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: RESINAS ACRÍLICAS; FIBRA DE VIDRO; PRÓTESE SOBRE IMPLANTES ÓSSEOINTEGRADOS
  • Language: Português
  • Abstract: As restaurações provisórias são de suma importância no tratamento reabilitador oral. Por isso, a resistência e a longevidade dos materiais utilizados em sua execução são críticas, principalmente em tratamentos prolongados e em espaços desdentados extensos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência e o modo de fratura de espécimes em forma de prótese de 3 elememtos em resina acrílica polimetilmetacrilato autopolimerizável, com e sem reforço em seu interior, constituídos sobre componentes para implantes. Os reforços utilizados foram: fibras de vidro e Interlig - Angelus, Londrina, PR, Brasil), fibras de aramida (Kevlar - Du Pont, USA ) e fio ortodontico 0,07mm. A análise dos resultados (ANOVA, p <0,05), para o teste de resistência, mostrou haver difrença estatíticamente entre os grupos. O teste de Tukey encontrou que os grupos reforçados, aqueles que alcançaram maior média de resistência à fratura foram os que utilizaram a fibra de vidro trançada pré-impregnada com resina composta foto-polimerizável, Interlig (1083 N)); a fibra de vidro unidirecional pré-impregnada com dimetacrilato de glicol, Filtrante (1022 N) e a fibra de poli(aramida) unidirecional sem pré-impregnação, Kevlar (966 N) aumentando em 26%, 22% e 17%, respectivamete, esta resistência em relação ao grupo controle (800 N), não havendo diferença estatística significante entre eles. O grupo reforçado com fio de aço com 0,07 mm (871 N) apareceu em seguida com uma resistência somente 8% maior esemelhante aquela apresentada pelo grupo controle sem reforço. A análise das fraturas concorreu com a elaboração de um novo sistema de classificação dividindo-as em quatro tipos: Ausente, Parcial, Total Não separada e Total Separada. As fraturas dos espécmes reforçados foram consideradas mais favoráveis ocorrendo, predominantemente, os tipos Ausente e Parcial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.05.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRÍGUEZ ALMONTE, Thania Grisel; FERREIRA, Paulo Martins. Avaliação da resistência à fratura de prótese parcial fixa provisória confeccionada sobre componentes do tipo UCLA em titânio: efeito de diversos reforços. 2005.Universidade de São Paulo, Bauru, SP, 2005.
    • APA

      Rodríguez Almonte, T. G., & Ferreira, P. M. (2005). Avaliação da resistência à fratura de prótese parcial fixa provisória confeccionada sobre componentes do tipo UCLA em titânio: efeito de diversos reforços. Universidade de São Paulo, Bauru, SP.
    • NLM

      Rodríguez Almonte TG, Ferreira PM. Avaliação da resistência à fratura de prótese parcial fixa provisória confeccionada sobre componentes do tipo UCLA em titânio: efeito de diversos reforços. 2005 ;
    • Vancouver

      Rodríguez Almonte TG, Ferreira PM. Avaliação da resistência à fratura de prótese parcial fixa provisória confeccionada sobre componentes do tipo UCLA em titânio: efeito de diversos reforços. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021