Exportar registro bibliográfico

Identificação de proteínas diferencialmente expressas na região cambial de Eucalyptus grandis durante a indução da formação da madeira de reação (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: SALVATO, FERNANDA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: EUCALIPTO; MADEIRA (FORMAÇÃO); METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS; PAREDE CELULAR VEGETAL; PROTEÍNAS
  • Language: Português
  • Abstract: A madeira é um tecido complexo e variável que se encontra sob o controle dos diversos estádios de desenvolvimento e do ambiente. Um modelo experimental freqüentemente utilizado para o estudo do processo da formação da madeira tem sido a indução da formação da madeira de reação. A madeira de reação é formada em resposta a um estímulo gravitacional e está associada com um aumento na taxa de crescimento, modificação química e estrutural na parede celular das fibras. A madeira de reação formada no lado superior do tronco inclinado é chamada de madeira de tração, enquanto que a madeira formada no lado inferior do troco inclinado é chamada de madeira oposta. Uma das principais características da madeira de tração é a deposição de uma camada gelatinosa na parede celular secundária, que é rica em celulose altamente cristalina. Com o objetivo de caracterizar as alterações na expressão gênica e no perfil de proteínas durante a formação da madeira de reação em Euca/yptus grandis, árvores de 1,8 anos de idade foram inclinadas sob um ângulo fixo (45Q) e amostras da região cambial foram coletadas após 15, 30 e 60 dias da região do tronco com a curvatura mais acentuada. Proteínas e RNA foram extraídos da região do xilema em diferenciação da madeira de tração e da madeira oposta, e foram comparadas às da madeira normal (controle) utilizando uma abordagem proteômica (géis 2D e LC-MS/MS) e PCRsq. As análises foram focadas em genes e proteínas relacionadas à modificação e formação da paredecelular. 480 spots de proteínas foram identificados e classificadas em categorias funcionais, com particular atenção dada às proteínas relacionadas ao metabolismo de UDP-açúcares (incluindo a biossíntese de celulose), biossíntese de lignina e citoesqueleto. Além disso, a expressão relativa dos transcritos relacionados à biossíntese de celulose e ) lignina, ao metabolismo de pectinas e ao citoesqueleto foram analisadas através de PCRsq na madeira controle, de tração e oposta. Diversas diferenças no padrão de expressão de genes e proteínas envolvidas nas mudanças estruturais e da composição da parede celular secundária em relação à madeira normal foram observadas ao longo do período de indução. A deposição da camada G foi observada após 60 dias de indução da madeira de tração. através de secções transversais coradas com safranina e azul de astra. Ao longo do tempo de indução, os resultados sugerem um aumento no fluxo do carbono para a biossíntese de lignina na madeira oposta e para a biossíntese de celulose na madeira de tração. Assim, este trabalho resultou na caracterização dos perfis de expressão de proteínas e genes envolvidos nos mecanismos moleculares da formação da madeira sob estresse gravitacional e mais precisamente no remodelamento da parede celular secundária durante a formação da camada G
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.03.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SALVATO, Fernanda; LABATE, Carlos Alberto. Identificação de proteínas diferencialmente expressas na região cambial de Eucalyptus grandis durante a indução da formação da madeira de reação. 2010.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143709/ >.
    • APA

      Salvato, F., & Labate, C. A. (2010). Identificação de proteínas diferencialmente expressas na região cambial de Eucalyptus grandis durante a indução da formação da madeira de reação. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143709/
    • NLM

      Salvato F, Labate CA. Identificação de proteínas diferencialmente expressas na região cambial de Eucalyptus grandis durante a indução da formação da madeira de reação [Internet]. 2010 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143709/
    • Vancouver

      Salvato F, Labate CA. Identificação de proteínas diferencialmente expressas na região cambial de Eucalyptus grandis durante a indução da formação da madeira de reação [Internet]. 2010 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143709/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021