Exportar registro bibliográfico

Influência de métodos de esterilização nas propriedades físicas do substrato dental (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated author: NOGUEIRA, JULIANE CRISTINA CICCONE - FORP
  • School: FORP
  • Sigla do Departamento: 804
  • Subjects: DENTE (MICRODUREZA); ESTERILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTO ODONTOLÔGICO; ADESIVOS (RESISTÊNCIA)
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar a influência de métodos de esterilização do substrato dental sobre a microdureza de dentes extraídos (esmalte e dentina radicular) submetidos a ciclos de pH, e ainda verificar a influência destes métodos sobre a resistência adesiva do esmalte, dentina coronária e radicular. Para os testes de microdureza, dez terceiros molares extraídos foram seccionados em 40 fragmentos de esmalte e 40 de dentina radicular, sendo divididos aleatoriamente em 4 grupos (para ambos os substratos): Controle - não esterilizado, Óxido de Etileno 7h ciclo de OE/48h aeração, Autoclave 30 à 121oC e Formalina 10% - por 7 dias. Após a esterilização, as amostras foram lavadas, reumidificadas e submetidas a ciclos de pH. Os testes de microdureza em profundidade (30, 60, 90, 120 e 300µm) foram realizados no substrato hígido e desmineralizado. Para os teste de resistência adesiva, 30 terceiros molares extraídos foram seccionados em 60 fragmentos de esmalte, 60 fragmentos de dentina coronária e 60 fragmentos de dentina radicular, sendo divididos aleatoriamente em 4 grupos (para todos os substratos): Controle, Óxido de Etileno, Autoclave e Formalina 10%. Em seguida, os sítios de adesão foram demarcados e cilindros de resina composta foram confeccionados em 3 incrementos. Após 24 horas, os espécimes foram submetidos a testes de cisalhamento. Os dados obtidos para ambas as avaliações foram submetidos à ANOVA e teste de Fisher (\03B1 =0,05). Para microdureza em esmalte hígido pode-se verificar que o controle apresentou maior valor de dureza e estatisticamente diferente dos outros grupos, sendo que os métodos promoveram alteração da dureza, diminuindo-a (controle>óxido de etileno>autoclave>formalina). Contudo, para as profundidades não houve diferença estatística. Para o esmalte desmineralizado, o grupo controle apresentou maiores valores de dureza diferenteestatisticamente da formalina e óxido de etileno e semelhante a autoclave (controle \2248 autoclave > Formalina \2248 óxido de etileno). Para as profundidades, observou-se que 30µm < 60µm \2248 90µm \2248 120µm < 300µm. Para dentina radicular hígida pode-se observar que grupo controle apresentou maior valor de dureza, semelhante ao óxido de etileno e a formalina e diferente da autoclave, sendo a formalina similar ao óxido de etileno e diferente da autoclave. Entretanto, para as profundidades testadas não houve diferença estatística neste substrato. Para a dentina desmineralizada pode-se observar que o método não apresentou diferença significante, contudo para as profundidades ocorreu diferença, 30µm foi similar a 90µm e diferente de 300µm e 120µm. 300µm apresentou as maiores médias de microdureza. Com relação aos testes de resistência adesiva em esmalte os métodos foram semelhantes entre si, assim como em dentina coronária, contudo em dentina radicular a formalina proporcionou maiores valores de adesão. Pode-se concluir que os métodos de esterilização influenciaram na microdureza do esmalte hígido e desmineralizado, bem como, na dentina hígida não promovendo alteração na dentina desmineralizada. Entretanto, os métodos não influenciaram nos resultados dos testes de resistência adesiva em esmalte e dentina coronária, alterando apenas a adesão em dentina radicular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.02.2010
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOGUEIRA, Juliane Cristina Ciccone; DIBB, Regina Guenka Palma. Influência de métodos de esterilização nas propriedades físicas do substrato dental. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-19032010-113044/ >.
    • APA

      Nogueira, J. C. C., & Dibb, R. G. P. (2010). Influência de métodos de esterilização nas propriedades físicas do substrato dental. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-19032010-113044/
    • NLM

      Nogueira JCC, Dibb RGP. Influência de métodos de esterilização nas propriedades físicas do substrato dental [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-19032010-113044/
    • Vancouver

      Nogueira JCC, Dibb RGP. Influência de métodos de esterilização nas propriedades físicas do substrato dental [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58133/tde-19032010-113044/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020