Exportar registro bibliográfico

Magnetocondutância de fios quânticos interagentes (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: SAMMARCO, FILIPE - IFSC
  • Unidade: IFSC
  • Sigla do Departamento: FFI
  • Subjects: SPIN; DENSIDADE (TEORIA); MAGNETISMO; FERROMAGNETISMO
  • Language: Português
  • Abstract: A condutância de fios quânticos definidos em uma geometria de "split gate" varia em platôs quantizados de 2e2/h em relação à ocupação dos seus modos transversais [van Wees et al. Phys. Rev. Lett. 60, 848 (1988) & Wharam et al. J. Phys. C: solid state phys. 21, L209 (1988)]. Em gráficos da condutância esta ocupação é dada pelo potencial aplicado aos eletrodos que formam o fio. Em 1996 observou-se experimentalmente nestes gráficos [Thomas et al. Phys. Rev. Lett. 77, 135 (1996)] que quando apenas um modo transversal é ocupado a condutância exibe um platô anômalo adicional em 0.7X2e2/h. Desde então, a origem desta anomalia 0.7 é associada a fenômenos dependentes de spin, porém sua descrição teórica permanece como importante objeto de pesquisa. Recentemente, observou-se que na presença de altos campos magnéticos, cruzamentos de modos transversais de spins opostos também geram estruturas anômalas no gráfico da condutância [Graham etal. Phys. Rev. Lett. 91, 136404 (2003)]. Os análogos 0.7, assim chamados devido à semelhança com a anomalia 0.7, são usualmente relacionados ou como anti-crossings ou como transições de fase magnética. Motivado pela concordância quantitativa com experimentos de um trabalho anterior em magnetotransporte em 2DEGs e transições de fase de ferromagnetismo de efeito Hall quântico via teoria do funcional da densidade dependente de spin (SDFT) [Freire e Egues, Phys. Rev. Lett. 99, 026801 (2007) & Ferreira et al. Phys. Stat. Sol. (c) 3, 4364 (2006)], propomosaqui um modelo similar para estudar na magnetocondutância de fios quânticos. Utilizamos (i) a SDFT resolvendo as equações de Kohn-Sham autoconsistentemente dentro da aproximação de densidade local de spin para obter a estrutura eletrônica do fio quântico e (ii) o formalismo de Landauer-Büttiker para calcular a condutância do fio no regime de resposta linear. ) Em nosso modelo, a anomalia e os análogos 0.7 aparecem devido a transições ferromagnéticas que rearranjam de forma abrupta os modos transversais do fio quântico próximos ao nível de Fermi. Nossos resultados teóricos apresentam boa concordância com os dados de Graham et al.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SAMMARCO, Filipe; MENEZES, José Carlos Egues de. Magnetocondutância de fios quânticos interagentes. 2007.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-15032010-094300/ >.
    • APA

      Sammarco, F., & Menezes, J. C. E. de. (2007). Magnetocondutância de fios quânticos interagentes. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-15032010-094300/
    • NLM

      Sammarco F, Menezes JCE de. Magnetocondutância de fios quânticos interagentes [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-15032010-094300/
    • Vancouver

      Sammarco F, Menezes JCE de. Magnetocondutância de fios quânticos interagentes [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76131/tde-15032010-094300/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020