Exportar registro bibliográfico

Papel do ssistema nervoso simpático no controle das vias de geração de glicerol-3-fosfato no tecido adiposo epididimal de ratos (2010)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FRASSON, DANUBIA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: TECIDO ADIPOSO; SISTEMA NERVOSO SIMPÁTICO; METABOLISMO ENERGÉTICO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente trabalho foi verificar os efeitos do sistema nervoso simpático no tecido adiposo branco epididimal (EPI) nas três vias de geração de glicerol-3-fosfato (G3P): a) a partir da via glicolítica, estimada pela captação de glicose; b) a partir da gliceroneogênese, avaliada pela velocidade de incorporação de 1-[\2018ANTPOT. 14 C\2019]-piruvato em glicerol de triacilglicerol (TAG) e pela atividade da fosfoenolpiruvato carboxiquinase (PEPCK); c) a partir da fosforilação direta do glicerol, avaliada pela atividade da gliceroquinase (GyK). Os experimentos foram realizados no EPI de ratos nas seguintes situações experimentais: jejum de 48 horas, diabetes mellitus, adaptados a uma dieta hiperprotéica, livre de carboidratos (HP) e adaptados a dieta hipercalórica, hiperlipídica do tipo cafeteria (HCHL). Foram utilizados animais alimentados com uma dieta comercial padrão de biotério como controle dos grupos estudados, com exceção do grupo HP, cujos controles foram alimentados com uma dieta purificada balanceada. O peso do EPI mostrou-se reduzido no jejum de 48horas, no diabetes e nos animais que receberam a dieta HP em relação aos seus controles. A desnervação promoveu uma menor redução no peso do EPI nos grupos diabéticos e HP quando comparado aos tecidos inervados. A desnervação no jejum impediu a redução do peso do tecido, o qual se manteve semelhante ao peso dos tecidos dos animais alimentados. A dieta HCHL aumentou o peso do EPI e a desnervação não alterou este parâmetro. O índice de captação de glicose in vivo e in vitro foi menor nos animais jejuados, diabéticos e alimentados com a dieta HP em relação aos seus controles. A desnervação não alterou este parâmetro nos animais jejuados e alimentados com a dieta HP, porém causou uma redução adicional na captação da hexose nos animais diabéticos. A dieta HCHL aumentou este parâmetro e adesnervação simpática não alterou a captação de glicose no tecido dos animais HCHL. A incorporação de 1-[\2018ANTPOT 14 C\2019]-piruvato em glicerol- TAG e a atividade da PEPCK mostraram-se aumentada no EPI dos animais jejuados, diabéticos e alimentados com a dieta HP. A desnervação diminuiu estes parâmetros nos animais jejuados e diabéticos. Embora reduzida, esta via se manteve predominante na geração de G3P nestas situações. Nos animais HP, a pequena redução da atividade da PEPCK com a desnervação, não comprometeu a estimulada incorporação de piruvato em glicerol-TAG. A dieta HCHL reduziu a incorporação de 1-[\2018ANTPOT 14 C\2019]-piruvato em glicerol-TAG e a atividade da PEPCK. A desnervação causou uma redução adicional nestes parâmetros no EPI dos animais HCHL. A atividade da GyK foi reduzida no jejum e na dieta HP, não foi alterada no estado diabético, mas foi aumentada pela dieta HCHL. A desnervação reduziu a atividade da enzima em todos os grupos experimentais. Os dados deste trabalho corroboram a hipótese que existe um controle recíproco entre as vias de geração de G3P, principalmente entre a via glicolítica e a gliceroneogênese, independente da atividade da gliceroquinase. A formação de G3P no TAB epididimal a partir da: a) via glicolítica é estimulada pela insulina. A ação estimulatória do SNS se torna evidente apenas em situações de deficiência insulínica, como no diabetes; b) via gliceroneogênica é inibida pela insulina e ativada pelo SNS; c) via de fosforilação direta do glicerol (GyK) parece depender principalmente da inervação simpática no tecido adiposo, além de fatores hormonais e/ou metabólicos. Desta forma, podemos sugerir que existe uma interação entre a atividade do SNS e os níveis de insulina no controle das vias de geração de G3P no EPI de ratos, entretanto não podemos excluir a possibilidade de outros fatoreshormonais e/ou metabólicos também interferirem nestes processos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRASSON, Danúbia; KETTELHUT, Isis do Carmo; MIGLIORINI, Renato Hélios (in memoriam). Papel do ssistema nervoso simpático no controle das vias de geração de glicerol-3-fosfato no tecido adiposo epididimal de ratos. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Frasson, D., Kettelhut, I. do C., & Migliorini, R. H. (in memoriam). (2010). Papel do ssistema nervoso simpático no controle das vias de geração de glicerol-3-fosfato no tecido adiposo epididimal de ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Frasson D, Kettelhut I do C, Migliorini RH (in memoriam). Papel do ssistema nervoso simpático no controle das vias de geração de glicerol-3-fosfato no tecido adiposo epididimal de ratos. 2010 ;
    • Vancouver

      Frasson D, Kettelhut I do C, Migliorini RH (in memoriam). Papel do ssistema nervoso simpático no controle das vias de geração de glicerol-3-fosfato no tecido adiposo epididimal de ratos. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019