Exportar registro bibliográfico

Análise morfológica e morfométrica do nervo óptico na hidrocefalia experimental induzida em ratos (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: SIQUEIRA, BETINA AISENGART DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: NERVO ÓPTICO; TRAUMATISMOS CRANIOCEREBRAIS; MORFOLOGIA (ANATOMIA) (ANÁLISE); MORFOMETRIA (ANÁLISE)
  • Language: Português
  • Abstract: A hidrocefalia é o desequilíbrio entre a produção e a absorção do líquido cefalorraquidiano caracterizada pela dilatação ventricular devido ao acúmulo de líquor nas cavidades ventriculares. Em crianças, a hidrocefalia é a terceira causa frequente de atrofia do nervo óptico gerada provavelmente pelas recorrentes elevações da pressão intracraniana. Este trabalho pretende investigar as alterações causadas ao nervo óptico de ratos lactentes, submetidos à hidrocefalia induzida por caulim, através de análise morfológica e morfométrica. Foram incluídos ratos que aos sete dias de idade foram submetidos à indução de hidrocefalia pelo método de injeção intracisternal de caulim. Os animais foram sacrificados aos 14 (21 ratos), 21 (21 ratos) ou 28 (21 ratos) dias de vida, através de perfusão transcardiaca, seus encéfalos foram removidos e os nervos ópticos direitos dissecados, fixados com uma mistura de 4% de glutaraldeído e 2% de formaldeído por 24 horas, refixados em tetróxido de ósmio a 1%, incluídos em Araldite@ e corados com azul de toluidina. Foram analisadas a área, diâmetro menor e as densidades de oligodendrócitos, astrócitos, fibras mielínicas totais e lesadas e a relação entre as fibras mielínicas lesadas/fibras mielínicas totais. Aos 14 dias de vida, os animais hidrocefálicos apresentaram redução estatisticamente significativa na densidade de astrócitos quando comparados ao controle e redução significativa na densidade de fibras mielínicas lesadas dos animais com hidrocefalia grave ao serem comparados com seus controles. Aos 21 dias de vida, a área e o diâmetro menor do nervo óptico dos ratos hidrocefálicos graves apresentaram-se reduzidos estatisticamente em relação aos seus controles e as densidades de oligodendrócitos e fibras mielínicas lesadas, apresentaram-se aumentadas estatisticamente nos animais com hidrocefalia leve aocompará-los aos respectivos controles. E aos 28 dias de vida, os animais com hidrocefalia grave apresentaram redução significativa no tamanho da área e no diâmetro menor e aumento estatisticamente significativo nas densidades de oligodendrócitos, astrócitos e fibras mielínicas lesadas quando comparados aos controles. Nós concluímos que o nervo óptico de ratos submetidos à hidrocefalia experimental sofre alterações morfológicas e morfométricas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.12.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIQUEIRA, Betina Aisengart de; LOPES, Luiza da Silva. Análise morfológica e morfométrica do nervo óptico na hidrocefalia experimental induzida em ratos. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Siqueira, B. A. de, & Lopes, L. da S. (2009). Análise morfológica e morfométrica do nervo óptico na hidrocefalia experimental induzida em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Siqueira BA de, Lopes L da S. Análise morfológica e morfométrica do nervo óptico na hidrocefalia experimental induzida em ratos. 2009 ;
    • Vancouver

      Siqueira BA de, Lopes L da S. Análise morfológica e morfométrica do nervo óptico na hidrocefalia experimental induzida em ratos. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021