Exportar registro bibliográfico

Estudo da estrutura da comunidade zooplanctônica e sua relação com as cianobactérias em três reservatórios do Médio Rio Tietê, SP (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, LAIRA LÚCIA DAMASCENO DE - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: ECOLOGIA; ZOOPLÂNCTON; ECOTOXICOLOGIA; CLADOCERA (ENSAIOS); RESERVATÓRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: Florescimentos de cianobactérias têm sido cada vez mais frequentemente detectados em reservatórios do Estado de São Paulo, especialmente naqueles da bacia do Médio rio Tietê. A presença de cianobactérias pode acarretar prejuízos à qualidade da água nestes ambientes, em razão de seu potencial tóxico à biota aquática, incluindo riscos à saúde humana. O presente estudo teve por objetivo analisar a estrutura da comunidade zooplanctônica de três reservatórios do Médio rio Tietê, SP (Barra Bonita, Bariri e Ibitinga) e sua relação com as cianobactérias presentes nas florações, com ênfase nos efeitos da toxicidade destas sobre o dafinídeo Ceriodaphnia silvestrii, uma espécie nativa. Para tanto, amostragens foram realizadas nos períodos de junho e setembro de 2008, e janeiro e maio de 2009. Foram efetuadas medições de diversos parâmetros físicos, químicos e biológicos em cada reservatório. As florações de cianobactérias foram coletadas com redes de plâncton, e armazenadas para análise e quantificação de cianotoxinas e também para a realização de ensaios ecotoxicológicos. Verificou-se que a comunidade zooplanctônica dos reservatórios é dominada por copépodos e rotíferos na maior parte das camadas de água dos reservatórios. Os copépodes Cyclopoida foram mais abundantes que os Calanoida, com grande representatividade de formas jovens (náuplios e copepoditos). A espécie de Cladocera Bosmina longirostris e grande parte de espécies de rotifera, como Brachionus calyciflorusforam frequentes em todas as represas, indicando que podem ter estrátegias para coexistir com as toxinas dos blooms de cianobactérias. As concentrações de microcistinas LR foram detectadas em todas as amostras de florações dos reservatórios do Médio rio Tietê, com concentrações variando e 18,2 a 100 \03BCg. L-1. ) Os testes de toxicidade aguda revelaram que os extratos brutos das florações de cianobactérias foram tóxicos ao dafínideo Ceriodaphnia silvestrii, provocando inibição dos movimentos natatórios mesmo em baixas concentrações de microcistina-LR, podendo portanto influenciar negativamente a biota aquática
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.02.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Laira Lúcia Damasceno de; ROCHA, Odete. Estudo da estrutura da comunidade zooplanctônica e sua relação com as cianobactérias em três reservatórios do Médio Rio Tietê, SP. 2010.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18032010-142319/ >.
    • APA

      Oliveira, L. L. D. de, & Rocha, O. (2010). Estudo da estrutura da comunidade zooplanctônica e sua relação com as cianobactérias em três reservatórios do Médio Rio Tietê, SP. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18032010-142319/
    • NLM

      Oliveira LLD de, Rocha O. Estudo da estrutura da comunidade zooplanctônica e sua relação com as cianobactérias em três reservatórios do Médio Rio Tietê, SP [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18032010-142319/
    • Vancouver

      Oliveira LLD de, Rocha O. Estudo da estrutura da comunidade zooplanctônica e sua relação com as cianobactérias em três reservatórios do Médio Rio Tietê, SP [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18032010-142319/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021