Exportar registro bibliográfico


Metrics:

O acesso de mulheres ao diagnóstico da Síndrome de Down e suas implicações nas práticas de cuidado presentes na relação mãe/criança (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated author: AZEVEDO, MARCOS AUGUSTO PINTO DE - FSP
  • School: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • DOI: 10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015
  • Subjects: SÍNDROME DE DOWN (DIAGNÓSTICO); RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA (IMPACTO;ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS;PERCEPÇÃO); ESTIGMA; MÃES (CARACTERÍSTICAS;IMPACTO;PERCEPÇÃO); ASSISTÊNCIA À SAÚDE (CUIDADOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo tem por objetivo caracterizar o momento de acesso de mulheres ao diagnóstico do filho com Síndrome de Down e formas de ressignificação da maternidade, em decorrência da natureza das informações veiculadas, do momento e da forma com se realizou a comunicação pelo profissional de saúde. Buscou-se um caminho metodológico, que possibilitasse identificar possíveis implicações no processo de vínculo estabelecido entre mãe e filho, em decorrência do confronto entre a maternidade idealizada e aquela que se apresenta como real. Para o estudo, foram escolhidos três grupos de mulheres, com experiência de filhos com Síndrome de Down. No conjunto foram realizadas vinte e oito entrevistas individuais. A análise dos discursos revelou que as mulheres, que compuseram o grupo de acesso ao diagnóstico pós-natal, demonstraram maior perplexidade e insegurança. Tais comportamentos têm relação não somente com a forma de transmissão do diagnóstico, mas também são influenciados pela questão intelectual e financeira. O impacto ocorre pelo desconhecimento da criança com que ela se defronta de forma inesperada. Sua maternidade idealizada é fragilizada pelas limitações de uma assistência que não contempla sua integralidade, no momento da transmissão da informação pelo profissional de saúde. A criança é apresentada aos seus olhos não como o filho idealizado por ela, mas como o "outro desconhecido"- aquele que não pode nada. As mulheres com acesso ao diagnóstico durante a gravidez, por disporem de um contexto e de um momento diferentes, tiveram tempo para desenvolver uma atitude reflexiva. Os aspectos econômicos e a escolaridade são elementos que ajudaram essas mães a enfrentar a realidade de forma menos conflitiva, não se atendo apenas ao enfoque reducionista do modelo médico - centrado na doença e na medicina tecnológica -, que visualiza a criança com Síndrome de Down em um contexto da patologia ou doença.Elas buscaram outras fontes de informação pertinentes ao desenvolvimento da criança com Síndrome de Down, ressignificando sua maternidade e a condição de seu filho com Síndrome de Down em desenvolvimento intra-uterino. Paralelamente, nos empenhamos em explorar outros estudos teóricos sobre práticas de cuidado (assistência) na relação mãe/criança, notadamente na contingência da concepção de um filho com deficiência, cotejando-os com nosso campo de estudo, especialmente quanto à saúde, em conformidade com uma abordagem que contempla os aspectos biopsicossociais.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.09.2009
  • Online source accessDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AZEVEDO, Marcos Augusto Pinto de; SIQUEIRA, Arnaldo Augusto Franco de. O acesso de mulheres ao diagnóstico da Síndrome de Down e suas implicações nas práticas de cuidado presentes na relação mãe/criança. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015 > DOI: 10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015.
    • APA

      Azevedo, M. A. P. de, & Siqueira, A. A. F. de. (2009). O acesso de mulheres ao diagnóstico da Síndrome de Down e suas implicações nas práticas de cuidado presentes na relação mãe/criança. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015
    • NLM

      Azevedo MAP de, Siqueira AAF de. O acesso de mulheres ao diagnóstico da Síndrome de Down e suas implicações nas práticas de cuidado presentes na relação mãe/criança [Internet]. 2009 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015
    • Vancouver

      Azevedo MAP de, Siqueira AAF de. O acesso de mulheres ao diagnóstico da Síndrome de Down e suas implicações nas práticas de cuidado presentes na relação mãe/criança [Internet]. 2009 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2009.tde-27042021-121015

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022