Exportar registro bibliográfico

A colocação dos pronomes clíticos em O Patrocínio: periódico da imprensa negra de Piracicaba (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CALINDRO, ANA REGINA VAZ - FFLCH
  • School: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: COLOCAÇÃO PRONOMINAL; LÍNGUA PORTUGUESA (HISTÓRIA E CRÍTICA); PORTUGUÊS DO BRASIL (GRAMÁTICA); JORNAIS; NEGROS
  • Language: Português
  • Abstract: Esse trabalho baseia-se no estudo da colocação pronominal, pois este já é reconhecidamente um fator crucial na identificação de diferenças gramaticais entre PE e PB, verificadas desde o século XVIII.O objetivo deste trabalho é verificar se há alguma característica na linguagem dos jornais de imprensa negra que os diferencie dos da imprensa de circulação mais ampla e de outros documentos da época. E, assim, confirmar a diferença entre as variantes brasileira e europeia da língua portuguesa não é apenas superficial, mas gramatical, uma vez que enquanto o PE se tornou uma língua de colocação enclítica dos pronomes átonos, o PB tornou-se a mais proclítica das línguas românicas. Sendo assim, foram analisados dois jornais: O Patrocínio (1925- 1930), um periódico da imprensa negra da cidade de Piracicaba; e, a título de comparação, A Gazeta de Piracicaba (1882-1937), um exemplar da imprensa majoritária da época. Os jornais são constituídos de textos de diversos gêneros que trazem, portanto, dados que possuem características distintas e particulares em um mesmo periódico. Nesse contexto, o interesse pela imprensa negra surgiu da possibilidade de analisar textos escritos majoritariamente por negros e para negros. Devido a fatores sociais ligados à escolarização da população negra do período, havia a possibilidade do vernáculo da época encontrar-se mais exposto nesse material. Sendo assim, pretendia-se observar se a colocação brasileira se apresentava de forma maissaliente nesses textos que nos da imprensa majoritária. Porém, a história social mostrou que esses periódicos foram escritos por negros que haviam tido acesso, das mais diversas formas, aos padrões cultos da língua. Dessa maneira, a fim de se adequar aos padrões da sociedade da época, buscavam manter a variante culta da língua em sua escrita. De fato, na comparação dos dados da ) da imprensa negra com os da imprensa majoritária foi possível perceber - no que se refere ao fenômeno estudado - uma grande semelhante entre ambos os jornais. Em particular, verificou-se que esses periódicos apresentam padrões de colocação próximos, ou seja, ambos mostram, ao lado da colocação lusitana, a colocação brasileira em percentuais que não se diferenciam significativamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2009
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CALINDRO, Ana Regina Vaz; MORAIS, Maria Aparecida Correa R Torres. A colocação dos pronomes clíticos em O Patrocínio: periódico da imprensa negra de Piracicaba. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-24112009-141924/ >.
    • APA

      Calindro, A. R. V., & Morais, M. A. C. R. T. (2009). A colocação dos pronomes clíticos em O Patrocínio: periódico da imprensa negra de Piracicaba. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-24112009-141924/
    • NLM

      Calindro ARV, Morais MACRT. A colocação dos pronomes clíticos em O Patrocínio: periódico da imprensa negra de Piracicaba [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-24112009-141924/
    • Vancouver

      Calindro ARV, Morais MACRT. A colocação dos pronomes clíticos em O Patrocínio: periódico da imprensa negra de Piracicaba [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-24112009-141924/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022