Exportar registro bibliográfico

Caracterização da diversidade genética de Teca (Tectona grandis) de diferentes procedências usando marcadores microssatélites (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: ALCANTARA, BERENICE KUSSUMOTO DE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: MARCADOR MOLECULAR; MELHORAMENTO GENÉTICO; PROTEÇÃO DE PLANTAS; TECA; VARIAÇÃO GENÉTICA
  • Language: Português
  • Abstract: A teca (Tectona grandis) é uma das principais espécies madeireiras do mundo, com alto valor econômico, muito famosa por sua beleza, resistência e durabilidade. A espécie ocorre naturalmente na Índia, Mianmar, Tailândia, Laos e Indonésia, onde estudos de diversidade têm sido realizados no que tange à conservação de recursos genéticos. Entretanto, existe a necessidade de estudos de diversidade genética de teca no Brasil que poderiam ser utilizados, principalmente, para a proteção de cultivares e para o melhoramento genético. Visto isso, o objetivo deste trabalho foi caracterizar a diversidade genética de genótipos de teca utilizados nos plantios brasileiros. Para tanto foram testados 10 primers de microssatélites, obtidos na literatura, para a avaliação de 60 genótipos, 33 provenientes de sementes de plantios de teca em Cáceres, 14 correspondentes a clones obtidos em Cáceres e 13 genótipos referentes a clones de procedências fora do Brasil, sendo estas, Honduras, Malásia, Índia, Indonésia, Costa do Marfim e Ilhas Salomão. Os genótipos foram divididos em oito grupos, de acordo com sua procedência, para a análise da diversidade genética. Foram realizadas análises multivariadas pelo método bayesiano no programa STRUCTURE, análises de agrupamento e coordenadas principais. Dos 10 primers testados, nove se mostraram polimórficos, sendo então utilizados para as análises estatísticas. Elevada variabilidade genética para os genótipos de teca foi detectada, sendo o número médio de alelos por loco igual a 5,22. Os genótipos de Cáceres apresentaram 100% de polimorfismo, seguido pelos clones da Índia com 90% de polimorfismo. A heterozigosidade média observada ( o= 0,352) foi menor que a heterozigosidade média esperada ( e =0,443). Coerentemente com outros estudos em teca, a maior parte da variabilidade genética concentrou-se dentro dos grupos (Hs = 0,436).Com as análises do programa STRUCTURE foi possível definir a divisão dos genótipos em três grupos, sendo 73,4% dispostos em um único grupo (vermelho) representado pela maioria dos genótipos de Cáceres, 13,3% alocados no grupo verde compostos por alguns clones da Índia, Ilhas Salomão, um clone da Malásia, um de Honduras e os clones da Costa do Marfim e os 13,3% dos genótipos restantes possuíram uma mistura dos dois grupos (vermelho e verde). A análise de agrupamento, utilizando índice de Jaccard, indicou a separação dos genótipos em seis grupos distintos: grupo I pertencente ao clone da Indonésia, grupo II possuindo dois clones da Índia, grupo III com os genótipos de Cáceres e dois clones de fora (um da Índia e outro da Malásia), grupo IV possuindo os genótipos de Honduras e Malásia, grupo V com clones da Índia e grupo VI pertencente aos clones da Costa do Marfim e das Ilhas Salomão, sendo coerente com a análise de coordenadas principais. Através do agrupamento utilizando distância de Nei, foi possível inferir duas possíveis origens da teca implantada no Brasil: Malásia e Índia. Após a avaliação das divergências genéticas, sugestões são feitas no que tange a utilização de genótipos contrastantes para o uso como parentais em programas de melhoramento genético
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.01.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALCÂNTARA, Berenice Kussumoto de; VEASEY, Elizabeth Ann. Caracterização da diversidade genética de Teca (Tectona grandis) de diferentes procedências usando marcadores microssatélites. 2010.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-19022010-083541/ >.
    • APA

      Alcântara, B. K. de, & Veasey, E. A. (2010). Caracterização da diversidade genética de Teca (Tectona grandis) de diferentes procedências usando marcadores microssatélites. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-19022010-083541/
    • NLM

      Alcântara BK de, Veasey EA. Caracterização da diversidade genética de Teca (Tectona grandis) de diferentes procedências usando marcadores microssatélites [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-19022010-083541/
    • Vancouver

      Alcântara BK de, Veasey EA. Caracterização da diversidade genética de Teca (Tectona grandis) de diferentes procedências usando marcadores microssatélites [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-19022010-083541/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021