Exportar registro bibliográfico

Indicadores críticos da manufatura de pisos de madeira maciça (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: SOARES, PHILIPE RICARDO CASEMIRO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: ADMINISTRAÇÃO DA QUALIDADE; ANÁLISE DE RISCO; CONTROLE ESTATÍSTICO DO PROCESSO; PISOS DE MADEIRA; PROCESSO (QUALIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: A implementação de programas de qualidade na linha de produção tem sido utilizada por empresas para garantir a competitividade em um mercado cada dia mais competitivo. A busca por equilíbrio entre qualidade e custos é uma constante na área industrial e, neste contexto, melhorias no processo produtivo são fundamentais. No setor florestal, responsável por 3,5% do PIB do país em 2007, a gestão da qualidade aplicada à linha de produção é recente e muitos aspectos importantes não são considerados. O objetivo deste trabalho foi identificar e avaliar os pontos críticos do processo de produção de uma empresa de processamento da madeira. Para tanto, a pesquisa foi dividida em três etapas. A primeira foi o mapeamento do processo da empresa e a elaboração de fluxogramas para as atividades. A segunda fase foi a identificação e avaliação dos pontos críticos por entrevistas com funcionários, utilizando metodologia FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) e diagramas de Ishikawa, que relaciona as falhas com suas possíveis causas. A terceira fase foi a avaliação do processo produtivo, empregando o controle estatístico do processo nos principais pontos críticos e a determinação da capacidade do processo pelo índice Cpk. Os resultados mostraram a existência de 6 sub-processos, sendo dois críticos. Nesses setores foram identificados 15 pontos críticos, com cinco deles selecionados para serem avaliados. Os gráficos de controle para variáveis indicaram que o processo produtivo da empresa é instável quanto ao item peças fora de dimensão em ambos setores, enquanto o índice Cpk permitiu concluir que a empresa não é capaz de produzir pisos de madeira dentro das especificações. Para os atributos, o processo era estável, exceto para peças marcadas pela lixa. A causa de não conformidades mais significativa foi a aferição dos equipamentos de medição, que resultouem processos com baixa variação, porém com médias distantes das especificações.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOARES, Philipe Ricardo Casemiro; MILAN, Marcos. Indicadores críticos da manufatura de pisos de madeira maciça. 2010.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-25022010-091931/ >.
    • APA

      Soares, P. R. C., & Milan, M. (2010). Indicadores críticos da manufatura de pisos de madeira maciça. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-25022010-091931/
    • NLM

      Soares PRC, Milan M. Indicadores críticos da manufatura de pisos de madeira maciça [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-25022010-091931/
    • Vancouver

      Soares PRC, Milan M. Indicadores críticos da manufatura de pisos de madeira maciça [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-25022010-091931/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021