Exportar registro bibliográfico

Território ativo e esquizofrênico: prisão e pena privada de liberdade no estado de São Paulo (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ZOMIGHANI JUNIOR, JAMES HUMBERTO - FFLCH
  • Unidades: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: CRIMINALIDADE (ANÁLISE); PRISÕES; SISTEMA PENITENCIÁRIO (ANÁLISE)
  • Language: Português
  • Abstract: Os usos do território são reveladores das práticas socioespaciais, ou seja, de como a sociedade utiliza-se dos lugares, neles organizando as condições de vida da população. No caso desta dissertação, nosso objetivo foi o de conhecer alguns dos usos do território do Estado de São Paulo pelo Sistema Penitenciário Paulista. Antes de tudo, foi feita uma reconstituição da formação histórica e geográfica da prisão, como paradigma punitivo, produto das grandes transformações sociais ocorridas entre os séculos XVIII e XIX. A pena privativa de liberdade, no Estado de São Paulo, participa de um Território Ativo e Esquizofrênico, já que há uma total incoerência entre os circuitos espaciais da criminalidade e a organização espacial do Sistema Penitenciário Paulista. A expansão territorial do Sistema Penitenciário também foi estudada. Nesse caso, buscou-se compreender quais são os componentes que ajudam a conhecer as forças relacionadas à construção das novas unidades prisionais, atraídas, nos parece, pelos municípios instalados na Região Oeste do Estado de São Paulo. Por fim, discutiram-se algumas das contradições relacionadas ao próprio funcionamento da prisão, como um objeto-técnico, uma forma conteúdo que participa dos processos de produção e aprofundamento das desigualdades socioespaciais em São Paulo. A desmaterialização da prisão, como arquitetura específica para o cumprimento da pena privativa de liberdade, torna-se uma realidade cada vez mais presente no meio geográfico implantado no período técnicocientífico- organizacional, tornando-se uma possibilidade do período tecnológico. Seria o fim da prisão? Nos parece que não. Desde seu surgimento, ela está relacionada ao funcionamento de uma sociedade desigual. O conhecimento da realidade dos lugares, a organização dos circuitos espaciais da criminalidade, no caso dos crimes de furtos, roubos e tráfico de drogas e a expansãoterritorial do sistema penitenciário paulista em direção ao interior foram objetos de reflexão, análise e crítica, propósitos e realizações da presente dissertação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.06.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZOMIGHANI JUNIOR, James Humberto; SOUZA, Maria Adélia Aparecida de. Território ativo e esquizofrênico: prisão e pena privada de liberdade no estado de São Paulo. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-08022010-095035/ >.
    • APA

      Zomighani Junior, J. H., & Souza, M. A. A. de. (2009). Território ativo e esquizofrênico: prisão e pena privada de liberdade no estado de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-08022010-095035/
    • NLM

      Zomighani Junior JH, Souza MAA de. Território ativo e esquizofrênico: prisão e pena privada de liberdade no estado de São Paulo [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-08022010-095035/
    • Vancouver

      Zomighani Junior JH, Souza MAA de. Território ativo e esquizofrênico: prisão e pena privada de liberdade no estado de São Paulo [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-08022010-095035/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020