Exportar registro bibliográfico

Efeito da concentração de glicose e da alcanilidade na produção de hidrogênio em reator anaeróbio de leito fluidificado (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AMORIM, EDUARDO LUCENA CAVALCANTE DE - EESC
  • Unidades: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: HIDROGÊNIO (PRODUÇÃO); REATORES DE LEITO FLUIDIFICADO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da adição de alcalinidade, da concentração da glicose e da taxa de carregamento orgânico na produção de hidrogênio e ácidos orgânicos em reator anaeróbio de leito fluidificado (RALF), contendo argila expandida (2,8 - 3,35 mm) como material suporte para adesão microbiana. Foram utilizados oito reatores idênticos, sendo quatro deles operados sem adição de alcalinidade, e com concentração de glicose de 2000, 4000, 10000 e 25000 mg/L, respectivamente. Outros quatro reatores operados com adição de alcalinidade, e com as mesmas concentrações de glicose cada um. Os reatores foram inoculados com lodo anaeróbio pré-tratado termicamente, operado com tempo de detenção hidráulica (TDH) decrescente de 8 h a 1 h à temperatura controlada de 30°C. Foi constatada produção volumétrica de hidrogênio máxima de 1,58 L/h.L, para o reator operado com 10000 mg/L de glicose com adição de alcalinidade (R10CA) e um rendimento máximo de 2,52 mol 'H IND.2'/mol glicose, para o reator operado com 4000 mg/L de glicose com adição de alcalinidade (R4CA). O biogás produzido foi composto de 'H IND.2' e 'CO IND.2'. Em ambos os reatores, o conteúdo de hidrogênio aumentou com a redução do TDH de 8 h para 1 h, alcançando valor máximo de 77%, para o reator operado com 4000 mg/L sem adição de alcalinidade (R4SA). Os reatores operados com altas concentrações de glicose (10000 mg/L e 25000 mg/L) apresentaram maiores proporções de solventes comometabólitos solúveis. Verificou-se uma correlação linear entre a produção volumétrica de hidrogênio e a taxa de carregamento orgânico em todos os reatores. O rendimento, a produção volumétrica de hidrogênio e a distribuição dos metabólitos solúveis, em ambos os reatores, foram influenciados pelo aumento da concentração de glicose. O reator operado com 4000 mg/L, com adição de alcalinidade, apresentou a distribuição mais favorável dos metabólitos solúveis para a produção de hidrogênio, o qual predominou o ácido acético e butírico. Neste mesmo reator, o rendimento da produção de hidrogênio foi superior aos outros reatores. As análises de clonagem e sequenciamento do consórcio bacteriano revelaram semelhanças com Clostridium, Klebsiella, Enterobacter e bactérias não cultivadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.11.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMORIM, Eduardo Lucena Cavalcante de; SILVA, Edson Luiz. Efeito da concentração de glicose e da alcanilidade na produção de hidrogênio em reator anaeróbio de leito fluidificado. 2009.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-22012010-170210/ >.
    • APA

      Amorim, E. L. C. de, & Silva, E. L. (2009). Efeito da concentração de glicose e da alcanilidade na produção de hidrogênio em reator anaeróbio de leito fluidificado. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-22012010-170210/
    • NLM

      Amorim ELC de, Silva EL. Efeito da concentração de glicose e da alcanilidade na produção de hidrogênio em reator anaeróbio de leito fluidificado [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-22012010-170210/
    • Vancouver

      Amorim ELC de, Silva EL. Efeito da concentração de glicose e da alcanilidade na produção de hidrogênio em reator anaeróbio de leito fluidificado [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-22012010-170210/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020