Exportar registro bibliográfico

Análise do transcriptoma regulado pela YakA e do papel de KeaA no desenvolvimento de Dictyostelium discoideum (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: MANTZOURANIS, LUCIANA - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: GENÉTICA MOLECULAR; REGULAÇÃO GÊNICA; PROTEÍNAS QUINASES; TRANSDUÇÃO DE SINAL CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: A YakA é uma proteína quinase necessária para a regulação da resposta a diversos estresses em Dictyostelium e é uma efetora chave da transição do crescimento para desenvolvimento nesse organismo. O gene keaA foi isolado como um supressor do mutante yak´APOT-´ em uma busca para revelar genes envolvidos na sobrevivência a estresse nitrosoativo. O gene keaA codifica uma proteína com seis repetições kelch na porção C-terminal, um domínio zf-C3HC4 na porção N-terminal, também chamado RING-finger, e uma sequência rica em cisteínas localizada na porção mediana da proteína. Mutantes deficientes em keaA foram avaliados revelando-se um papel para esse gene também no processo de desenvolvimento. A expressão de mRNA de keaA é induzida quando células selvagens crescem e a fonte de alimento começa a esgotar. A indução do mRNA de keaA também ocorre durante o desenvolvimento. Essa indução não é observada em células yak´APOT-´ indicando que YakA regula KeaA. Células deficientes em keaA expressam baixos níveis de mRNA de pkaC, acaA e carA durante a agregação em baixa densidade celular, o que pode explicar porque as células deficientes em keaA apresentam o processo de desenvolvimento mais lento em baixa densidade celular. Células deficientes em keaA são mais resistentes a estresses nitrosoativo e oxidativo e keaA é necessário para a produção e detecção de AMPc. A análise da agregação de células deficientes em keaA durante o desenvolvimento multicelular indica que KeaA énecessário para que as células participem eficientemente desse processo. Células que super-expressam o domínio rico em cisteínas levam o mesmo tempo que as células selvagens para atingir o estágio de agregação. No entanto, essas células apresentam agregados, culminantes e corpos de frutificação menores. Células que super-expressam o domínio Kelch expressam altos níveis de acaA e carA depois de 8 horas de desenvolvimento, mas os níveis de pkaC são similares ) aos observados em células selvagens. Isso poderia indicar que o domínio Kelch induz a ativação da PKA. No entanto, essa interação não foi observada em experimentos de duplo híbrido. Adicionalmente, a expressão gênica em resposta a compostos que geram estresse oxidativo e nitrosoativo foi estudada utilizando-se microarranjos de cDNA. Os resultados revelaram um papel de keaA na resposta à pré-carência e no controle do ciclo celular.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.09.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MANTZOURANIS, Luciana; SOUZA, Gláucia Mendes. Análise do transcriptoma regulado pela YakA e do papel de KeaA no desenvolvimento de Dictyostelium discoideum. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-10122009-093106/ >.
    • APA

      Mantzouranis, L., & Souza, G. M. (2009). Análise do transcriptoma regulado pela YakA e do papel de KeaA no desenvolvimento de Dictyostelium discoideum. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-10122009-093106/
    • NLM

      Mantzouranis L, Souza GM. Análise do transcriptoma regulado pela YakA e do papel de KeaA no desenvolvimento de Dictyostelium discoideum [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-10122009-093106/
    • Vancouver

      Mantzouranis L, Souza GM. Análise do transcriptoma regulado pela YakA e do papel de KeaA no desenvolvimento de Dictyostelium discoideum [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-10122009-093106/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021