Exportar registro bibliográfico

Efeitos morfológicos da imobilização em flexão plantar sobre o músculo EDL e da reabilitação pelo alongamento no músculo sóleo de ratas adultas (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated author: POLIZELLO, JULIANA CRISTINA - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: IMOBILIZAÇÃO; ALONGAMENTO; MÚSCULOS; MORFOLOGIA (ANATOMIA); MORFOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: A imobilização é uma técnica amplamente utilizada no tratamento de lesões do sistema osteomioligamentar, porém, conhecidamente, provoca transformações na arquitetura e histoquímica das fibras musculares esqueléticas. Em grande parte, essas alterações mostram-se reversíveis frente a atividades de remobilização. Dentre essas atividades, o alongamento muscular tem sido usado com frequência na prática clínica reabilitadora a fim de melhorar a amplitude do seguimento e a viscoelasticidade do músculo acometido. O objetivo desse estudo, portanto, foi avaliar as alterações sofridas pelo músculo sóleo frente à aplicação de um protocolo de alongamento muscular passivo manual realizado uma e duas vezes ao dia, após a imobilização em encurtamento do tríceps sural dos animais, além de verificar as respostas teciduais do músculo EDL, imobilizado em alongamento. Foram utilizadas 30 ratas wistar (peso médio, 200 g ± 30), divididas em 5 grupos (n=6): Controle, Imobilizado, Imobilizado e liberado, Imobilizado e alongado uma vez ao dia, Imobilizado e alongando duas vezes ao dia. O músculo sóleo foi coletado dos grupos descritos, enquanto o músculo EDL foi coletado apenas dos grupos Controle, Imobilizado e Imobilizado e liberado. Os fragmentos de cada músculo foram processados sob diferentes métodos histoquímicos como HE, mATPase e imunoistoquímica para colágenos I e III. No sóleo, a imobilização por 14 dias consecutivos determinou alterações de caráter degenerativo/necrótico,aumento na quantidade de colágeno I e redução no diâmetro das fibras. Os protocolos de remobilização após a imobilização provocaram reversão de algumas dessas alterações, de forma que a liberação provocou aumento na quantidade de fibras em segmentação e na quantidade de colágeno I, aumento no diâmetro das fibras, porém sem atingir valores do controle, além de aumento na porcentagem de fibras de contração lenta e redução de fibras de contração rápida. De modo geral, os protocolos de alongamento aplicados uma e duas vezes ao dia provocaram aumento do número de fibras com núcleos centralizados e redução no número de fibras em processo degenerativo/necrótico, além de redução na proporção de fibras de contração rápida. Porém, quando aplicado uma vez, o alongamento provocou aumento da quantidade de colágeno I e da proporção de fibras intermediárias, e quando aplicado duas vezes ao dia, provocou redução na quantidade de colágeno I e aumento na quantidade de fibras de contração lenta. Para o EDL, a imobilização em alongamento provocou redução no diâmetro das fibras e na quantidade de fibras de contração rápida, aumento discreto da quantidade de fibras em degeneração/necrose e de colágeno I. A liberação causou aumento no diâmetro das fibras e no número de centralização nuclear e retorno na quantidade de colágeno I aos valores controle. Os achados indicam que a imobilização em encurtamento do músculo sóleo provocou alteraçõeshistomorfométricas reversíveis pelos protocolos de remobilização aplicados, porém, alongamento 1 vez ao dia provocou melhor resposta adaptativa no animais que a liberação ou o protocolo de alongamento aplicado duas vezes ao dia. A imobilização em alongamento do EDL gerou atrofia e aumento no índice de necrose das fibras musculares e a atividade espontânea permitiu a recuperação dos valores de diâmetro e regeneração das fibras lesadas and a reduced proportion of fast-twitch fibers. Specifically, stretching applied once a day produced increased amounts of collagen I and intermediate fibers, but if increased to twice a day collagen I was decreased and slow-twitch fibers increased. Immobilization in stretched position applied to EDL muscle resulted in fibers with reduced diameter and increased number of fast-twitch ones and a discrete augmentation in the number of fibers in degenerative/necrotic processes and of collagen I. EDL liberation caused increases in fiber diameters, and in nuclear centralization besides collagen I in amounts equal to control. The results obtained suggest that immobilization of the soleus muscle in the shortened position induced histomorphometric alterations reversed by remobilization with stretching. However, procedures applied once a day had better adaptive responses than liberation or stretching twice a day. EDL immobilization by stretching produced atrophy and increased necrosis of muscular fibers, which were regenerated withrecovered diameter values after liberation
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.11.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      POLIZELLO, Juliana Cristina; MATTIELLO-SVERZUT, Ana Cláudia. Efeitos morfológicos da imobilização em flexão plantar sobre o músculo EDL e da reabilitação pelo alongamento no músculo sóleo de ratas adultas. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Polizello, J. C., & Mattiello-Sverzut, A. C. (2009). Efeitos morfológicos da imobilização em flexão plantar sobre o músculo EDL e da reabilitação pelo alongamento no músculo sóleo de ratas adultas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Polizello JC, Mattiello-Sverzut AC. Efeitos morfológicos da imobilização em flexão plantar sobre o músculo EDL e da reabilitação pelo alongamento no músculo sóleo de ratas adultas. 2009 ;
    • Vancouver

      Polizello JC, Mattiello-Sverzut AC. Efeitos morfológicos da imobilização em flexão plantar sobre o músculo EDL e da reabilitação pelo alongamento no músculo sóleo de ratas adultas. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022